Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 910 / 2017

21/02/2017 - 10:32:29

Economia em Pauta

Sofia Sepreny da Costa

Dinheiro extra pelo tempo trabalhado

Saiu no começo desta semana o calendário de saques do FGTS inativo. Os pagamentos serão realizados entre março e julho. A Caixa criou em seu site uma página especial e um serviço telefônico para tratar das contas inativas. O banco orienta os trabalhadores a acessar o endereço www.caixa.gov.br/contasinativas ou ligar para  0800-726-2017. Os beneficiários terão quatro opções para recebimento dos valores de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço: quem tem conta-corrente na Caixa poderá pedir o recebimento do crédito em conta, por meio do site das contas inativas. O saque também pode ser feito em caixas eletrônicos. Para valores de até R$1.500, é possível sacar só com a senha do Cartão do Cidadão, mesmo que o beneficiário tenha perdido o documento. Para valores de até R$ 3.000, o saque pode ser feito com Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

Tecnologia no bolso  dos empresários

A tecnologia chegou fácil aos empresários. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) criou um aplicativo móvel para o segmento de micro, pequenos e médios empresários. O aplicativo navega internamente nos sistemas operacionais da instituição e permite às MPMEs que já são clientes do BNDES pesquisarem o status de suas demandas de crédito junto ao banco. O app também atende aos bancos repassadores de recursos do BNDES e aos fornecedores de máquinas e equipamentos. 

Volta à pobreza

A crise econômica brasileira poderá levar 3,6 milhões de brasileiros para abaixo da linha de pobreza até o fim do ano. Essa foi a estimativa dada pelo Banco Mundial, que divulgou estudo referente ao impacto da recessão sobre o nível de renda do brasileiro. São consideradas abaixo da linha de pobreza pessoas que vivem com menos de R$ 140 por mês. Segundo o Banco Mundial, a maior parte dos “novos pobres” virá das áreas urbanas.

Fim do horário de verão

Horário de verão acaba neste domingo, 19, a partir de 0h. A medida em vigor desde outubro afetou as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, tem como objetivo aproveitar melhor a luz solar e estimular o uso consciente da luz elétrica. A mudança de horário é adotada no Brasil desde 1931 e visa proporcionar uma economia maior para o país, com menos consumo em horário de pico. A previsão do governo é que o horário de verão deste ano tenha economizado R$147,5 milhões, no ano anterior a economia foi de R$162 milhões. 

Com o fim do horário de verão, as agências bancárias voltam a abrir ao público de 10 às 16 horas em Alagoas e demais estados do Nordeste.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia