Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 910 / 2017

21/02/2017 - 10:07:57

Os milionários estacionamentos de Maceió

JOSÉ ARNALDO LISBOA

Eu já sei muito bem como funcionam os “esquemas” da “máfia do trânsito”. Ela vende os aparelhos e instrumentos caros aos bestas, mas a turma do dinheiro vai achar o suficiente, já que ganhou o grande faturamento dos estacionamentos. Ora, o dinheiro da “zona azul” é muito dinheiro, pois ela sempre está ativa, vendendo estacionamentos, aparelhos e instrumentos para o trânsito de Maceió. Normalmente os diretores, os superintendentes e os prefeitos nem sempre entendem como tais aparelhos funcionam e, por isso mesmo, não sabem o quanto eles são caros. Foi o que aconteceu aqui em Maceió e em Aracaju. Eu já sei como funcionam certos esquemas. Já fui presidente do Conselho Estadual de Trânsito, diretor de Planejamento do Detran/AL, diretor da Divisão de Trânsito do DER/AL durante 22 anos, já fui assessor Especial da SMTT, além de participante de 15 congressos nacionais. Sempre soube da existência dessa turma e Maceió, também, já é vítima!

O que está acontecendo aqui em Maceió? A Prefeitura de Maceió comprou ultimamente uns tais de semáforos, dizendo que eles seriam instalados e sincronizados em toda Avenida Fernandes Lima. Pois bem, enganaram o prefeito Rui, pois se os tais aparelhos funcionarem sincronizados, como prometeram, eu vou rasgar a minha carteira de engenheiro. A sincronização só funcionaria se todos os carros estivessem com uma velocidade constante ou com uma mesma aceleração, além dos deslocamentos entre as distâncias, entre os semáforos, alí instalados. Mentiram e enganaram ao prefeito e isso eu já disse, antes, num dos meus artigos. Também, disseram ao prefeito que a “faixa azul” seria a salvação para a Fernandes Lima. Se alguém disser que o trânsito da Av. Fernandes Lima, com a diminuição de uma das faixas de rolamento, em nada aumentou o congestionamento, eu prometo, também, rasgar minha carteira de engenheiro. Eram 3 faixas e, diminuiram uma para os ônibus e taxis. Foi quando o inferno começou! 

Agora, aconselharam o Sr. prefeito implantar os caríssimos pardais, em Maceió, coisas que nos obrigarão a uma severa diminuição das velocidades, com os consequentes aumento dos congestionamentos. Fiquem certos, senhores, que a Av. Fernandes Lima vai ter o seu inferno aumentado. A eliminação da faixa, para os ônibus e táxis, fez nosso sistema regredir para dar vez aos congestionamentos constantes. Os pardais irão parar Maceió. A tão prometida sincronização dos semáforos não haverá, pois, com a existência dos novos pardais irá diminuir as velocidades diretrizes. A Av. Fernandes Lima irá ficar um inferno insuportável. Aguardem!!! 

Em tempo – recebí do meu leitor, pastor Israel Pinto Pimentel, uma carinhosa cartinha, que me deixou nas nuvens e perto do céu. Obrigado, pastor!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia