Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 898 / 2016

22/11/2016 - 09:57:46

ABC do Interior

Roberto Baia

De olho no quinhão

Passada a euforia pela vitória, o que se discute entre aliados do prefeito eleito de Arapiraca, Rogério Teófilo, é a partilha do quinhão que lhes cabe na futura administração. E, como não poderia deixar de ser, os olhos vorazes estão voltados para três segmentos cruciais no equilíbrio do poder: saúde, educação e finanças.

Dedinho milagroso

Além do dedinho milagroso do tucano Téo Vilela Filho, três figuras importantes, neste processo eleitoral, que levaram Rogério à vitória no último dia 2 de outubro, aguardam com extrema ansiedade pela bondade do chefe. Mas para quem conhece Teófilo, paciência é a palavra de ordem. 

Eles são a bola da vez

O empresário Adoniran Guerra e os deputados estaduais Severino Pessoa e Rodrigo Cunha foram cruciais na reta final da campanha que levou a nocaute o candidato da situação, Ricardo Nezinho, e aliados de peso como a prefeita Célia Rocha, senador Renan Calheiros, governador Renan Filho e o vice-governador Luciano Barbosa.

Até hoje, por incrível que pareça, continuam de boca aberta e sem saber o que aconteceu.

Traição, falta de dinheiro ou sapato alto... Só o tempo dirá.

Fogo amigo

Assim, não resta dúvida que eles merecem a parte que lhes cabe neste latifúndio. Rogério, que de bobo não tem absolutamente nada, deve sim dividir o bolo, mas as principais fatias devem ficar com assessores de sua absoluta confiança, evitando, assim, que seu governo fique engessado com as bênçãos do fogo amigo. 

É aguardar

Não resta dúvida de que em se tratando de política, até boi voa. E não será nenhuma novidade que na partilha dos cargos alguém não saia insatisfeito e “bicudinho”.

Agora é só aguardar. O jogo está apenas começando.

Calote em Arapiraca

Cerca de 60 funcionários que trabalham nas obras de saneamento básico de Arapiraca ainda continuam com seus salários atrasados e sem receber cinco meses de cestas básicas. Os funcionários, que já haviam, há duas semanas, procurado este colunista para relatar a situação, denunciaram o abuso na manhã de quarta-feira, 16, ao Ministério Público, onde pediram ajuda com a finalidade de receberam seus vencimentos.

Não pagou

Entenda o caso: os funcionários trabalham para a empresa terceirizada EletroCano, que fornece serviços para a Construtora Humberto Lôbo, vencedora da licitação de saneamento de Arapiraca. Eles afirmam que já entraram em contato com as empresas e realizaram várias paralisações, mas até esta semana não receberam seus respectivos salários.

Prefeitura repassou

Há duas semanas a reportagem do Jornal de Arapiraca entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura e foi informada que não há nenhum débito do Executivo municipal junto à empresa Humberto Lôbo, por isso o atraso nos pagamentos é de única responsabilidade da empresa vencedora da licitação. 

Estão em dia

“Todos os contratos com a Humberto Lôbo estão em dia, não havendo, portanto, nenhuma responsabilidade com empresas terceirizadas pela empresa contratada. No entanto, a Prefeitura entrará em contato com a empresa ganhadora do contrato/licitação, a fim de saber sobre essa denúncia, exigindo que os serviços sejam realizados e entregues no tempo acordado”, informou a nota da assessoria.

Prometeu e não cumpriu

A empresa Humberto Lôbo, através de sua gerência comercial, confirmou que os repasses estavam atrasados e que estaria normalizando os pagamentos no último dia 04 de outubro, o que não aconteceu. Mas até o momento os trabalhadores asseguram que dos três meses de salários atrasados, a empresa pagou apenas um.

PELO INTERIOR

... A Defensoria Pública em Arapiraca ingressou com uma ação civil pública na quarta-feira (16), com a finalidade de que os estudantes desocupem as escolas estaduais Isaura Antônia de Lisboa, Lions Club e Senador Rui Palmeira (Premen), ocupadas há cerca de 15 dias. 

... Semana passada, estudantes contrários às ocupações buscaram o órgão público relatando que as unidades foram ocupadas mesmo após a decisão da maioria, que votou pela manutenção das aulas. 

... Na tarde de quarta-feira (16) cerca de 40 manifestantes realizaram um protesto contra as ocupações das instituições de ensino por outros alunos contra a PEC 241. 

... O ‘Desocupa Já’ aconteceu em frente à Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). Os estudantes contrários às ocupações afirmam que vêm sendo prejudicados e que a paralisação impede que os professores também contrários às ocupações ministrem suas aulas. 

... Os alunos da ocupação, no entanto, ressaltam que estão referendados por assembleia e vão seguir a manifestação. Os alunos aderiram ao movimento de ocupação nacional de escolas, porque acreditam que a PEC 55 vai prejudicar o ensino brasileiro. 

... A medida prevê congelar o teto para os gastos públicos por 20 anos. O grupo também é contra a Lei nº 7.800, conhecida como Lei da Escola Livre.

... O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Jovem Trabalhador em Alagoas (Fetipat-AL) realizou na quinta-feira, 17, a quarta audiência pública em parceria com a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social.

... O evento teve como objetivo debater o avanço das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). 

... As audiências são abertas a população e todos poderão contribuir com propostas e ações para a erradicação do trabalho infantil. O Fórum já realizou audiências públicas nos municípios de Piranhas, no dia 8, Santana do Ipanema, no dia 9, e Arapiraca, no dia 10. 

... Aos nossos leitores, desejamos um excelente final de semana com paz, saúde e prosperidade. Até a próxima edição!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia