Acompanhe nas redes sociais:

22 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 897 / 2016

10/11/2016 - 19:43:40

Penedo ganha primeira fábrica de argmassa

Carlos Peixoto apostou no município por seu potencial e posição geográfica

Maria Salésia [email protected]
Com a participação de amigos, padre abençoou e pediu a proteção de Deus para a empresa

Com a benção do padre Manoel Sabino, e “a licença de Bom Jesus dos Navegantes” a argamassa Zenith foi inaugurada no sábado, 5, em Penedo, Alagoas. Primeira fábrica de argamassa da região, o produto é recomendado para impermeabilizar superfícies, regularizar paredes, pisos e tetos, além de acabamentos. Baseada na força do concreto, a empresa oferece ao cliente um produto confiável, de qualidade, além da durabilidade e estabilidade. 

Em meio à crise e com investimento de R$ 2 milhões, a argamassa Zenith foi instalada em uma área de 3.000 m² e vai gerar 30 empregos diretos e indiretos, podendo em pouco tempo ampliar este número. Com capacidade produtiva de 13 mil toneladas por ano, no próximo dia 16 começa a funcionar de forma integral com o diferencial do rígido controle de qualidade das matérias-primas e do processo produtivo, com acompanhamento de químico, engenheiro de produção e engenheiro civil, além da tecnologia aplicada no processo produtivo semi-automatizado, com soluções tecnológicas para redução do consumo de energia e desperdício de materiais. Outro ponto positivo é a fração do produto (15 quilos) que irá facilitar pequenos reparos.

 Segundo o empresário Carlos Romeiro Peixoto, a escolha de Penedo para implantar a fábrica se deu por seu povo “elegante, educado e acolhedor”, além das belezas naturais, a excelente qualidade do mineral  utilizado como matéria-prima para fabricação da argamassa. A posição geográfica do município em relação ao mercado que se pretende atuar (Alagoas e Sergipe) também contribuiu para a escolha. Vale ressaltar que a fábrica tem capacidade de produzir até 20 mil toneladas/ano de argamassas básicas do tipo multi-uso em embalagens de 15Kg.

DESAFIO

 Mas Peixoto afirma que não foi fácil se instalar no município, pois o projeto além de ser um desafio é fruto de 45 anos de economia própria, já que não recebeu incentivo e nem apoio de nenhum órgão oficial. “A história da Argamassa Zenith começou há dois anos quando cheguei aqui e armei barraca com os trabalhadores, um radinho de pilha, carro de mão e muita vontade de realizar um sonho na terra de meu bisavô. Mas, devido a muitos aborrecimentos, às vezes lastimei e nas noites estreladas de Penedo pedi força a Deus para não desistir”, desabafou Peixoto. 

Ele reforçou a aposta no município e em seu discurso agradeceu aos amigos, familiares e funcionários e garantiu que embora não tenha apoio de órgãos competentes, conseguiu com recursos próprios erguer o empreendimento. “Aqui não tem nada grande. São pedras, concreto, máquina e um pouco mais de 20 pessoas para nos ajudar. Não sei onde vai chegar, mas o nome de Penedo vai junto. Vim para aprender, produzir e contribuir”, garantiu o empresário. 

Empresário destaca o apoio da família 

Carlos Peixoto fez uma retrospectiva de sua trajetória de vida e garantiu que o empreendimento é um projeto de vida que será tocado por seu filho Arthur. Ele relembrou que Arthur Beltrão Peixoto, engenheiro civil, administrador de empresa e proprietário, sempre lhe deu suporte e desde os 9 anos trabalham juntos. “Quero que meu filho toque a vida como homem independente. Ele é o cabeça e vai tocar o projeto e se eu tiver força vou tocar outro”, adiantou o inquieto Carlos que contou ainda com a colaboração das filhas Ana Carolina Beltrão Peixoto e Paula Camila Beltrão Peixoto Pereira. O empresário disse ainda de sua satisfação em depois de mais de 30 anos de uma empresa particular ter hasteado a bandeira de Penedo, ele agora poder repetir o feito. “Foi muita emoção”, confessou.

Paula Camila Beltrão Peixoto Pereira, uma das filhas do casal, e idealizadora da frase estampada na empresa “Sonho sem realização não passa de imaginário. É preciso coragem para sonhar e determinação para fazer do sonho realidade. Eis um sonho tornado real”, falou em nome da prole. Em seu pronunciamento, disse da satisfação da realização daquele sonho para a família que transformou “um buraco” neste empreendimento. “Empreender é inovar. É querer algo e trabalhar para dar certo. Contrariando situação de recesso do Brasil e com recursos próprios,  erguer esse bibelô que é a argamassa Zenith, só nos dá motivo de orgulho”, disse a tia do Arthur e mãe das Marias Alice e Esther.

O responsável em manter o empreendimento, Arthur  Beltrão Peixoto, disse que a Zenith é uma empresa que “acredita na força do trabalho honesto, no zelo pela qualidade, na criatividade e na fé em Deus e que tem como objetivo oferecer ao consumidor a melhor solução em argamassas e rejuntes para todo tipo de aplicação, como assentamento, revestimento, rejuntamento, decoração, sobreposição e ancoragem” garantiu ao acrescentar que  “acredita na força do trabalho honesto, no zelo pela qualidade, na criatividade e na fé em Deus”.

 Ele contará ainda com a colaboração do engenheiro de produção e elétrico Willman Mainart e a engenheira química Cássia Roberta, além de outros colaboradores.

O evento contou com a presença de amigos e familiares. Um deles foi o ex-deputado João Neto que falou de sua amizade com Carlos Peixoto, que data de 1978 e que até hoje “perdura”. “Admiro o amor à família, com filhos responsáveis, homem determinado e como empreendedor sempre esteve ligado aos produtos da construção civil. Esse homem continua acreditando em Alagoas, trouxe para Penedo esse empreendimento com recursos próprios. O Carlos é homem determinado, destemido e começo a acreditar que com a realização deste sonho você está apenas começando. Que você continue sendo o cidadão alagoano que é”, elogiou João Neto.

O empresário Alexandre Toledo também fez uso da palavra e falou da importância do empreendimento para o município e da capacidade de empreendedorismo de Carlos Peixoto. “Penedo é acolhedora e próspera. Vocês não vão se arrepender de estar aqui. Num momento em que o país passa por crise, você acreditou. Tenho certeza que vamos crescer sendo ajudados com homens como você”, disse Toledo que também parabenizou a homenageada (Zenith) que dar nome ao empreendimento.

O ex-deputado Carlos Cavalcante afirmou que nunca é tarde para começar. E falou da ousadia de Carlos Peixoto em um momento de crise. “O Carlos é uma pessoa sincera, amigo de verdade. Desejo muito sucesso em seu mais novo empreendimento”, disse Cavalcante.

Quem é Zenith 

Entre tantas definições, Zênite é o ponto exatamente acima de um lugar específico. Deriva ainda de uma expressão em árabe que significa “direção da cabeça” ou “caminho acima da cabeça”, ou o ponto mais alto no céu por onde um objeto celeste passa em sua trajetória aparente. Mas a argamassa Zenith ganhou este nome como forma de Carlos Peixoto homenagear a esposa Zenith, companheira de 41 anos que tem sido sua conselheira, braço direito. “A única maneira que encontrei de retribuir um pouco do que ela me fez e faz foi colocar o seu nome”. E assim, a estrela Zenith do Carlos é só orgulho pelo investimento e pela homenagem.

A educadora Zenith Beltrão Peixoto, que leva o nome da empresa, afirmou que esta é a realização de um sonho de mais de 30 anos de quem aportou pela primeira vez em Penedo no ano de 1973 e guardou o desejo de levar um empreendimento para o município. “Este jovem atrevido, inteligente e trabalhador recebeu muitas portas na cara, mas chegou nesta cidade destemido e a escolha de Penedo para empreender não foi à toa. Diante dos obstáculos, somos vencedores e Penedo conte conosco”, disse emocionada a homenageada.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia