Acompanhe nas redes sociais:

15 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 895 / 2016

01/11/2016 - 09:17:04

Rui: o imbatível peso das tradições

REINALDO CABRAL Jornalista e escritor

Embora a Antropologia seja uma ciência social (humana), há alguns aspectos em que ela parece, pela sua precisão e pela sua força dialética, uma ciência exata.

Esse é o caso, por exemplo, quando se examina o peso das tradições em Rui Palmeira, candidato à reeleição de prefeito de Maceió, a ser vitorioso seguramente na eleição deste domingo.

A excelente reportagem histórica assinada pelo jornalista Odilon Rios (EXTRA nº 894), evidencia a trajetória de uma família, os Soares Palmeira, desde o Brasil Império. Miguel Soares Palmeira, pelas mãos de Dom Pedro II, se tornou membro da Monarquia, recebendo o título de Barão de Coruripe.

Trisavô de Rui, o barão nasceu em 1830. Mas já aos 28 anos se tornou deputado provincial.

Daí para frente projeta a trajetória histórica da família, com um decidido apoio dele à Abolição da Escravatura (1888): os Soares Palmeira passam a frequentar o mundo político brasileiro para nunca mais sair.

Em Antropologia, tradições são o sangue e o ar que correm no coração e na mente das pessoas.

As tradições alimentam a cultura de um povo, seus hábitos, costumes e até os seus anseios.

Rui possivelmente não tem sociólogos na sua assessoria. Contudo, encontra no seu próprio sangue a alimentação do mote básico da sua campanha: foi a todas as ruas de Maceió ouvir as pessoas. Por isso, surge até uma pergunta intrigante: há alguém que more em Maceió que não tenha visto pessoalmente o Rui visitando os moradores? Ouvindo as pessoas? Inspirando os seus programas de governo?

Nunca fui adepto da Monarquia, mas, devo reconhecer, que a tradição dos Soares Palmeira, agora mantida pelo jovem Rui, cultivada com sabedoria e com a preservação dos seus valores, deverá projetá-lo, depois dessa espetacular vitória, ao governo de Alagoas, ao Senado da República e à Presidência da República.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia