Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 895 / 2016

28/10/2016 - 08:34:13

Deputados federais gastam mais de R$ 2 milhões em 9 meses

Nivaldo Albuquerque é o campeão de gastos em setembro: R$ 43,4 mil

José Fernando Martins [email protected]

Continua a série do EXTRA ALAGOAS sobre os gastos dos deputados federais alagoanos cobertos pela Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar, a antiga verba indenizatória. No mês de setembro, os parlamentares gastaram o total de R$ 205.196,20. Do montante, quem mais utilizou dinheiro público foi Nivaldo Albuquerque (PRP) com R$ 43.497,11; seguido por Ronaldo Lessa (PDT), R$ 42.682,11; Val Amélio (PRTB), R$ 33.498,43; e Givaldo Carimbão (PHS) com R$ 20.580,43. 

Já os três que menos fizeram o uso do “cotão” foram: Pedro Vilela (PSDB) com R$ 67,59; Cícero Almeida (PMDB) que aparece R$ 1.683,92; e Arthur Lira (PP) com R$ 7.020,26, respectivamente. Vale ressaltar que o candidato à Prefeitura de Maceió Cícero Almeida voltou ao cargo no mês passado, em Brasília, onde estava sendo substituído por Val Amélio. Em cinco meses, Amélio gastou R$ 156.175,93, uma quantia de R$ 33.112,25 a mais que Arthur Lira, por exemplo, que esteve em exercício durante todo o ano.

De janeiro a setembro já foram gastos R$ 2.427.730,16 da Cota Parlamentar com os deputados de Alagoas. 

Voltando ao mês de setembro, os parlamentares gastaram R$ R$ 22.698,07 em emissão de bilhete aéreo, sendo que quem mais usufruiu de viagens foi JHC (PSB) com gastos de R$ 6.745,78. O curioso é que os custos com serviços em postos de gasolina quase se equiparam os gastos com viagens. Os deputados federais “pagaram” R$ 17.576,01 em gastos enquadrados como “Combustíveis e Lubrificantes”. Só Carimbão gastou R$ 5.566,26 em postos de combustíveis. Entre eles está um de Santana do Ipanema, onde o deputado abasteceu o equivalente a R$ 5276,43 em diesel e gasolina. 

MAIORES GASTOS

Arthur Lira gastou em setembro o valor de R$ 7.020,26 da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar. Sua maior despesa foi com combustíveis. Foram R$ 3.322,89 entre abastecimento e serviços de postos. Cícero Almeida, como já citado, gastou R$ 1.683,92, sendo com R$ 1.665,36 passagens aérea. Givaldo Carimbão usufruiu R$ 20.580,43 do cotão, na qual usou a maior parte para locação de veículos no valor de R$ 10.900,00.

JHC utilizou R$ 17.507,50 da verba e R$ 10.000,00 foi destinada à pesquisas e consultorias. Já Marx Beltrão (PMDB) gastou R$ 19.455,51, mas desse valor, R$ 13.200,00 foi investido na divulgação da atividade parlamentar. Hoje, Beltrão é ministro do Turismo do Governo Michel Temer. Nivaldo Albuquerque gastou R$ 43.497,11, sendo R$ 41.000,00 com propaganda de seus trabalhos em Brasília. 

Paulão (PT) apareceu com R$ 19.731,47, no qual R$ 8.500,00 foram investidos em consultorias. Pedro Vilela gastou R$ 67,59 em telefonia enquanto Ronaldo Lessa utilizou R$ 42.682,11 do cotão. Do valor, R$ 10.000,00 foi para a locação de veículos. E por último da lista por ordem alfabética, Val Amélio utilizou R$ 31.900,00 dos R$ 33.498,43 gastos para divulgação de atividade parlamentar. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia