Acompanhe nas redes sociais:

22 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 893 / 2016

17/10/2016 - 16:35:47

O povo que se lasque!

JOSÉ ARNALDO LISBOA

Eu sempre gostei de matemática, mas, alguns colegas eram melhores do que eu nesta matéria tida como o “bicho-papão”. No curso de Engenharia Civil, o colega Epaminondas Pio Correia dava show em Cálculo Infinitesimal e Integral e também nas demais matérias. Mesmo gostando da matemática, minha maior paixão sempre foi a Física, pois, ensinei essa matéria durante 18 anos no Colégio Guido, no Colégio de São José, no Estadual de Alagoas, no Colégio Moreira e Silva e na Escola Técnica Federal. Fui professor de Física da reitora Delza Jataí, do reitor Rogério Pinheiro e do reitor João Azevedo. Eu sempre gostei de ensinar e, quando fui nomeado pelo governador Lamenha Filho como superintendente da FIAM- Fundação Instituto de Administração, criei logo cursos para secretários de prefeituras, a fim de ensinarmos os rudimentos de Orçamentos e Administração Pública,  pois esses servidores, normalmente, nada sabem sobre como administrar uma prefeitura. Promovemos cursos em Delmiro Gouveia, em Porto Calvo, Viçosa e União dos Palmares. Fizemos reuniões com prefeitos, principalmente, nos encerramentos dos cursos com a presença do governador Lamenha Filho. 

Por que eu estou dizendo tudo isso? Porque eu aprendi algumas coisas nesses cursos, todas elas necessárias para um secretário, um contador ou um prefeito. Às vezes, um secretário de prefeitura não sabe o que seja um deficit ou um superavit ou o que seja uma Lei de Responsabilidade Fiscal. É o que está acontecendo agora no Brasil, com rombos de bilhões nas contas públicas, exatamente porque não houve um equilíbrio entre as receitas e as despesas. As pedaladas que tanto falam, foram as safadezas que fizeram, quando gastando o que não podiam gastar. Agora, o governo do Sr. Temer está criando um verdadeiro “abacaxi” para daqui a 20 anos, quando muitos desses deputados já estarão todos mortos. Eles mesmos, não sabem o que é um orçamento, com suas rubricas, seus créditos, seus saldos e seus débitos. Existem deputados que não sabem nem a operações fundamentais. 

Pois bem, o Sr. Meirelles está todo enrolado, criando regras para livrar o Brasil do buraco deixado pelo Lula e pela Sra. Dilma. Administrar dessa maneira, qualquer pessoa sabe, jogando os problemas para os futuros 20 anos. Assim, estamos diante de uma brutal covardia! Desse jeito, tenho certeza que os nossos secretários e os nossos prefeitos sabem administrar, pois, quando o bolo estiver feito, muitos deputados já estarão “de pés juntos”, como o Sr. Meirelles e o Sr. Temer. Já vi que esse pessoal não sabe “po… nenhuma” de economia. O povo que se lasque!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia