Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 893 / 2016

13/10/2016 - 19:53:30

Polarização da política nacional se reflete em Alagoas

Tira-teima será disputa entre Rui Palmeira e Cícero Almeida

João Mousinho [email protected]
Número de prefeituras conquistadas em todo o País pelos partidos no dia 2 de outubro

Em todo Brasil o PMDB conquistou o comando de 1.228 municípios, sendo o partido com maior número em todo País, já o PSDB é o segundo partido com o maior número de prefeitos eleitos no primeiro turno, 792. Em 2012 o PMDB venceu 1.018 prefeituras, contra 699 do PSDB. Ambos avançaram no atual pleito. 

Outra curiosidade é que mesmo tendo o maior número de prefeituras, o PSDB é o partido que governa para o maior número de eleitores, são 26 milhões contra 17 milhões do PMDB. A maior cidade governada pelo PSDB é São Paulo, com 8,8 milhões de eleitores, o PMDB, por sua vez, tem como maior cidade Belford Roxo, no Rio de Janeiro com 328 mil eleitores. 

O cenário nacional se reflete em Alagoas, onde o PSDB elegeu 17 prefeitos no primeiro turno, mas podendo chegar a 18 caso o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, seja reeleito. O PMDB elegeu prefeitos e pode chegar a 39, caso o deputado federal Cícero Almeida  reverta a larga vantagem de Rui faltando menos de três semanas para eleição. 

Outra vantagem em relação ao PMDB é o orçamento gerido pelo PSDB, sem contar com as possíveis ampliações no segundo turno; os tucanos vão ter responsabilidade sobre R$ 136,2 bilhões do erário. Em Alagoas o cenário é semelhante caso seja concretizada a vitória de Palmeira, pois Maceió e Arapiraca, que elegeu Rogério Teófilo (PSDB), são as cidades com a maior capacidade de arrecadação e movimentação financeira do estado. 

EM FRANGALHOS

O Partido dos Trabalhadores é o principal derrotado das eleições em 2016. Na eleição de 2012 o PT controlava um orçamento de R$ 110 bilhões para gerir prefeituras . Com o atual pleito o número caiu para R$ 15,8 bilhões. A queda é de 85% no volume de recursos municipais administrados. O PT conseguiu eleger apenas 256 prefeitos em 2016, número bem abaixo dos 630 em 2012, que lhe deixava como 3º colocado no ranking em números de executivos municipais do Brasil, atrás apenas de PSDB e PMDB. 

Em Alagoas apenas dois prefeitos foram eleitos pelo Partido dos Trabalhadores: Zé Cícero (PT) em Inhapi e  Zé dos Santos (PT), em Olho d’Água do Casado, cidades situadas no sertão do Estado. 

Os eleitos pelas duas legendas em Alagoas 

PMDB

Água Branca: Zé Carlos 

Arapiraca: Rogério Teófilo 

Barra de Santo Antônio: Emanuella Moura 

Belém: Paula Santa Rosa 

Branquinha: Jairinho Maia 

Campo Alegre: Pauline Pereira 

Colônia Leopoldina: Manuílson Andrade 

Feira Grande: Flávio do Chico da Granja 

Messias: Jarbinhas 

Novo Lino: Lucia de Vasco 

Olho d’Água Grande: Zé Adelson 

Paripueira: Haroldo Nascimento 

Pilar: Renato Filho 

Porto de Pedras: Henrique Vilela 

Porto Real do Colégio: Aldo Popular 

Teotônio Vilela: Joãozinho Pereira 

Traipu: Eduardo Tavares 

Atalaia: Chico Vigário 


PSDB

Barra de São Miguel: Zezeco 

Batalha: Marina Dantas 

Boca da Mata: Gustavo Feijó 

Cacimbinhas: Hugo Wanderley 

Cajueiro: Palmery Neto 

Campestre: Pino 

Capela: Adelminho Calheiros 

Carneiros: Geraldo Filho 

Coité do Nóia: Seninha 

Coqueiro Seco: Decele Damaso 

Coruripe: Joaquim Beltrão 

Craíbas: Ediel Leite 

Feliz Deserto: Rosiana 

Igaci: Dr. Oliveiro 

Japaratinga: Júnior Loureiro 

Jundiá: Segundo 

Junqueiro: Carlos Augusto (PMDB)

Mar Vermelho: Juliana Almeida (PMDB)

Maravilha: Conceição Albuquerque (PMDB)

Minador do Negrão: Gleysson Cardoso (PMDB)

Murici: Olavo Neto (PMDB)

Ouro Branco: Edimar Barbosa (PMDB)

Pão de Açúcar: Dr. Flavio (PMDB)

Paulo Jacinto: Marcos Lisboa (PMDB)

Poço das Trincheiras: Aparecida (PMDB)

Porto Calvo: David Pedrosa (PMDB)

Quebrangulo: Marcelo Lima (PMDB)

Santana do Ipanema: Isnaldo Bulhões (PMDB)

Santana do Mundaú: Arthur Freitas (PMDB)

São Brás: Marcos (PMDB)

São José da Laje: Rodrigo (PMDB)

São Luís do Quitunde: Fernanda Cavalcanti (PMDB)

Satuba: Paulo Acioly (PMDB), 

Senador Rui Palmeira: Jeane Moura (PMDB)

União dos Palmares: Kil Freitas (PMDB)

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia