Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 889 / 2016

15/09/2016 - 19:46:08

Sururu

De volta à ribalta

Da Redação

O ex-secretário tucano Luiz Otávio Gomes dfa Silva, o LOG, após dois anos no ostracismo, está de volta à ribalta, agora como presidente do Movimento Alagoas Competitiva (MAC), uma franquia do empresário gaúcho Jorge Gerdau Johannpeter, fundador do Movimento Brasil Competitivo (MBC). 

Conhecido como “Rei do aço”, Jorge Gerdau advoga a tese de que o setor público deve copiar os métodos de gestão do setor privado. Nada de anormal não tivesse a Siderúrgica Gerdau sido flagrada pela PF na Operação Zelotes tentando pilhar a Receita Federal em R$ 4 bilhões de impostos sonegados. 

Dessa forma, é preciso ficar de olho na nova ONG do LOG, que promete disseminar “boas práticas de gestão do Estado”. Até porque os alagoanos já conhecem algumas dessas “boas práticas” vendidas pelo ex-secretário do Governo Téo Vilela. 

Perigo armado

Numa decisão considerada arriscada e perigosa, o comandante da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio, autorizou a exposição e venda de armas da Taurus a preços de mercado nas dependências da própria corporação. O propósito da indústria é vender armas aos cabos e soldados, no cartão ou no cheque, durante todo o mês de setembro.

Transgressão

Essa medida transgride orientação do próprio Exército, ao qual as PMs estão subordinadas,  e abre a suspeita de que alguém estaria interessado em receber comissão da Taurus pela transação. Em última  análise, a medida poderá ampliar a facilitação do ingresso de armas em Alagoas.

Uso privado 

As armas usadas em serviço pelos militares são de propriedade das PMs, mas essas oferecidas diretamente pela Taurus podem ser adquiridas pelos militares para uso privado. Cada um pode comprar até duas armas. 

Traficantes

Como o preço mínimo de um revólver calibre 38 é de R$ 4 mil e o salário de um soldado é de R$ 3.500,00 e a maioria deles está endividada, para entrar nessa farra eles terão que obter o suporte financeiro de fora – e do lado de fora estão os traficantes de drogas do Sul que migraram para o Nordeste. Quem compra a arma também recebe a munição.

Lula não vai escapar

Carlos Velloso, ex-presidente do STF, disse à Veja:

“Fazendo uma avaliação preliminar, digo que será muito difícil Lula escapar dessa condenação. Tivesse ele ainda foro privilegiado haveria dificuldade para o caso andar. Mas, com um juiz como Sergio Moro, acredito numa rápida solução. Ele terá as garantias asseguradas, mas dificilmente não será condenado”.

Agora só falta prender o chefe 

A denúncia devastadora contra o ex-presidente Lula, apresentada nesta quarta (14) pela força-tarefa da Lava Jato, provoca a pergunta que não quer calar: “Por que o ‘comandante máximo da “propinocracia’ ainda não foi preso?” O meticuloso procurador Deltan Dallagnol mostrou como Lula, seu PT e cúmplices implantaram um esquema criminoso que resultou, só na Petrobras, num roubo de R$6,2 bilhões. (Claudio Humberto) 

Chefe do mensalão

Com a prisão de José Dirceu no mensalão, o esquema de “propinocracia” continuou no petrolão. Só uma pessoa podia comandar a continuação, segundo Deltan Dallagnol: Lula. “José Dirceu não era o chefe do mensalão. Lula era o chefe”, disse o procurador Dallognol. 

30 anos de cadeia para Lula

O apartamento de Lula no Guarujá foi comprado e decorado com dinheiro roubado da Petrobras.

Foi o que disse Léo Pinheiro à PGR, confessando que a OAS abateu o valor do imóvel da propina devida ao PT.

E por que ele fez isso?

Porque Lula era o comandante máximo do esquema criminoso - o presidente que nomeou os diretores da Petrobras responsáveis por assinarem os contratos fraudulentos com a empreiteira.

Para pegar Lula, a Lava Jato tinha de revelar o esquema completo. E o esquema completo foi revelado. 

Léo Pinheiro vai repetir seu depoimento ao juiz Sérgio Moro. E Lula será condenado a trinta anos de cadeia. (O Antgonista). 

Corrupção

Caiu na Internet uma gravação que tem tudo para provocar a cassação de mandato do deputado Marquinhos Madeira, eleito pelo PT. No áudio, o pai do deputado – Marcos Madeira – gaba-se de ter comprado a eleição do filho com dinheiro sujo de agiotas. Revela que gastou meio milhão de reais só na véspera da eleição, o que garantiu a vitória de Marquinhos Madeira com a maior votação do PT. 

Pinóquio

Por não ter propostas para Maceió – até porque só sabe fazer viadutos – o candidato Cícero Almeida está mostrando projetos do governo Renan Filho como se fossem seus.  Além de usar a máquina estadual, Almeida está enganando os eleitores com falsas promessas. 

Entrevistas

Dando prosseguimento à série de entrevista com os candidatos a prefeito de Maceió, o EXTRA online traz neste final de semana Rui Palmeira, no sábado, e Paulo Memória, no domingo. O bate-papo está imperdível.

Viva o Lula

Durante pronunciamento à imprensa para se defender das acusações feitas pelo MPF, o ex-presidente Lula foi aplaudido várias vezes. A euforia dos aliados era tanta que houve momentos em que ele teve até que parar o discurso. Parece que esse pessoal não sabe o que é a Operação Lava Jjato.

Lula guerreiro 

“O que me faz caminhar por esse país são as ideias”. A frase proferida pelo ex-presidente Lula em pronunciamento à imprensa depois de ser denunciado pela força-tarefa da Operação Lava Jato,  foi ape-nas uma das tantas de efeito que levou a “galera” à loucura. Em coro, gritavam “Lula guerreiro do povo brasileiro”. Os companheiros estavam eufóricos, mas esse guerreiro  parece que estava mal ensaiado.

O superpop

“Em termos de popularidade só tem uma pessoa acima de mim nesse país: Jesus Cristo”. Frase de Lula em pronunciamento à imprensa.

Calote

A Unimed, mais uma vez, esqueceu de pagar aos seus fornecedores. E quando faz, é atrasado e em prestações. Quem sofre são os usuários que procuram os hospitais conveniados, mas são barrados. Com a palavra, a direção que faz vistas grossas para o caos.


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia