Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 886 / 2016

28/08/2016 - 09:17:55

Sururu

Malditos precatórios

Da Redação

Apesar do esforço do governo, os servidores de Alagoas não conseguiram se livrar da quadrilha de atravessadores que atuam na venda de créditos judiciais do Estado, mais conhecidos como “precatórios”. 

Apresentando-se como advogados credenciados, esses intermediários só aceitam incluir em suas listas de “precatórios” servidores isentos do Imposto de Renda.  E mais grave, só pagam 30% sobre tudo o que o servidor tem direito, já descontados todos os impostos.

Na prática, o servidor fica apenas com 10% de seu crédito, enquanto a quadrilha leva quase tudo. Para isso, se aproveitam da situação de penúria dos servidores, muitos deles portadores de doenças terminais, que temem morrer sem receber esses malditos “precatórios”. 

Cinismo 

“Prefeitos ladrões ou provocam a repulsa popular ou vão deixando o próprio povo mais sem-vergonha”. (Reinaldo Azevedo). 

Em Alagoas, não se vê repulsa nenhuma...

Nome que pesa

Lula Feijó, candidato a vereador por Maceió, está pensando em se livrar de seu sobrenome, temendo a possível derrota nas urnas. Diz que o nome honra a família, mas os irmãos João e Gustavo sujam o sobrenome que carregam. 

Biu maleta

O senador Benedito de Lira, mais conhecido pela alcunha de “Biu maleta”, trocou a dança que marcou sua última campanha eleitoral por truques de mágica. É assim que ele consegue fazer campanha contra o PMDB em Arapiraca, e no mesmo dia subir no palanque peemedebista em Junqueiro. 

Pobreza até que ajuda

A maioria dos nossos medalhistas olímpicos tem histórico de dificuldades e superação de vida. Serve ao menos de consolo aos nascidos sem berço, filhos da miséria, deserdados da justiça social. 

Divina comédia

Direito de resposta ao deputado Cícero Almeida, a propósito de nota publicada nessa coluna sob o título acima: 

1 – “Como cristão, temente ao bom Deus e crente na sua perene mensagem do trabalho diário e honesto para fazer mais e melhor pelo povo da minha Maceió, guardo a minha fé na justiça dos homens e na certeza tranquila da minha consciência, de que tive justa causa para mudar de partido. O Ministério Público Eleitoral já emitiu parecer dizendo isso, na ação do TSE. Por isso, nem há preocupação nem tumultos. 

2 – Ao longo de toda a minha vida pública, especialmente como realizador e gestor por dois mandatos de prefeito de Maceió, esta fé não foi nem será abalada por golpes baixos lançados na notinha pérfida – típico veneno de campanha eleitoral – que tenta me pintar como malfeitor. Na democracia, aquele que devota sua vida ao sacrifício da política e ao trabalho pelo povo, precisa saber aguentar as estocadas e as maldades, e até processos judiciais. Sempre com fé. Basta consciência limpa. 

3 – Deixo os tais ciclos e os tais fossos do inferno do poeta italiano Dante – que a luta da sobrevivência nunca me deu o tempo e o privilégio de ler – para os de alma negra, que perdem energia criando mentiras e ofensas gratuitas para, sem sucesso, embaraçar a vista limpa do povo dessa cidade que amo de paixão. Esses verdadeiros pecadores terão pesadas e medidas as suas maldades na soma final da vida. E terão seu inferno particular”. 

4 – Na terra, vou tratar de continuar levando minha mensagem de trabalho e de devoção a Deus e à minha Maceió, para que ela deixe de ser inferno e seja o céu que todos acreditam que poderá ser.  

Quinto dos infernos 

Os políticos bem intencionados não devem se preocupar em cair nalgum dos ciclos do inferno de Dante. Antes de entrar no céu, podem expiar seus pecados no limbo do purgatório, local também conhecido como “quinto dos infernos”. 

Nepotismo

O secretário de Meio Ambioente de Marechal Deodoro, Alder Flores, terá que devolver ao município R$ 124 mil pagos ilegalmente à irmã Zirlane Flores que durante três anos recebeu sem trabalhar. Zirlane era funcionária em Marechal, mas residia em Portugal, segundo o Ministério Público. 

Farmex

A pedido do MP, o juiz Helestron Silva da Costa, da 17ª Vara Cível da Fazenda Estadual, bloqueou R$ 8,8 milhões da conta do Estado para regularizar o abastecimento das medicações de fornecimento obrigatório pela Sesau. A decisão beneficia os pacientes do Componente Especializado de Assistência Farmacêutico (CEAF), antiga Farmex.

Você         sabia? 

1 - Que ao fumar um cigarro você está jogando cerca de 4.700 agentes cancerígenos na corrente sanguínea? E que as mais danosas dessas substâncias tóxicas são a nicotina e o alcatrão?

2 – A nicotina aumenta o ritmo cardíaco, causa infarto agudo do miocárdio, derrame cerebral, angina, elevação de mau colesterol (LDL), menopausa precoce, enfisema pulmonar, bronquite crônica, úlcera gástrica, gastrite etc. Junto com o alcatrão contribui para o surgimento de diversos tipos de câncer. 

3 – Que o taba-gismo mata cinco milhões de pessoas por ano em todo o mundo? Só no Brasil são 200 mil mortes por ano, a maioria delas provocada pelo câncer de pulmão decorrente do fumo. 

4 – Fumar é bom. Não fumar é melhor!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia