Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 886 / 2016

25/08/2016 - 20:12:48

Gustavo Feijó é intimado a comparecer à PF

Prefeito de Boca da Mata é acusado de usar imagem de Neymar para alavancar campanha pela reeleição sem autorização do craque

Vera Alves [email protected]
Neymar comemora a vitória sem dar atenção a Feijó

Nem tudo são flores no caminho do prefeito de Boca da Mata e candidato à reeleição Gustavo Dantas Feijó (PMDB). Esta semana ele foi intimado a comparecer à Superintendência da Polícia Federal em Alagoas no dia 14 de setembro, às 10 horas, para fornecer e ter coletado seu material de voz.  A intimação é do desembargador eleitoral José Carlos Malta Marques, relator da Ação Penal que tramita desde 2014 no Tribunal Regional Eleitoral na qual Feijó figura como réu, acusado dos crimes de calúnia e injúria cometidos durante a campanha eleitoral de 2012.

Vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) representando a Região Nordeste, Feijó foi o destaque de matérias em sites locais e nacionais esta semana, acusado de uso indevido das imagens de jogadores da seleção olímpica de futebol, incluindo o atacante Neymar, com o claro intuito de alavancar sua campanha à reeleição. Em vídeos de menos de  30 segundos, Neymar, Walace e Renato Augusto e o técnico Rogério Micale se dirigem à população de Boca da Mata pedindo o apoio de todos à seleção durante os jogos. 

Os vídeos foram gravados antes da conquista do ouro inédito, no sábado, 20, e postados por Feijó em sua página do Facebook tendo ao fundo o jingle de campanha. Com a repercussão, o cartola terminou por retirar os vídeos de Walace, Renato e Micale, mantendo o de Neymar – cuja assessoria confirmou ao Gobo Esporte não haver autorizado o uso da imagem do atacante om fins eleitorais – só que sem o jingle e com uma mensagem editada na qual afirma: “Quero agradecer ao meu amigo Neymar pelo carinho e a consideração, tenho certeza que não faltará empenho na busca da tão sonhada medalha de ouro, boa sorte meninos”.

Mas há um detalhe: a mensagem foi editada e tem como data o dia 22 de agosto, dois dias após a conquista do ouro.

E há ainda outro detalhe: as imagens transmitidas pela TV da comemoração da vitória do Brasil sobre a Alemanha, no sábado, 20, colocam sob suspeição a amizade destacada pelo cartola com o atacante, o que rendeu comentários depreciativos ao prefeito nas redes sociais.

O caso da calúnia em 2012 

A ação penal por crime de calúnia e injúria a que responde Gustavo Feijó foi impetrada pela Procuradoria Regional Eleitoral acatando denúncia do ex-prefeito de Boca da Mata José Maynart Tenório, o Zé Tenório, e seu sobrinho, Ricardo Tenório Barbosa – candidato a prefeito nas eleições de 2012. Ambos foram acusados  pelo cartola de corrupção eleitoral: estariam distribuindo dinheiro em troca de votos.

A denúncia de calúnia e injúria foi feita com base em gravações do discurso de Gustavo Feijó em um comício a 15 de setembro de 2012, durante o qual ele se refere ao então prefeito como “bicho preguiça” e “bicho mentira” e recomenda aos presentes que aceitem o dinheiro que estaria sendo distribuído pelo adversário. “Até eu pego, viu!”, diz. 

Apresentadas como prova, as gravações até hoje são o grande empecilho para a conclusão da ação, já que, por quatro vezes a Polícia Federal afirmou não ter tido condições de realizar uma perícia consistente, que não deixe dúvidas quanto a ser Feijó o autor do discurso. O motivo: a ausência de material vocal para comparação.

Foi com base nesta alegação que o relator da AP, o desembargador José Carlos Malta Marques, intimou o cartola alagoano a se apresentar no próximo dia 14 à PF para fornecer o material. Na terça, 23, Feijó assinou a intimação.

DISPUTA DE 

OUTUBRO

Antecessor de Feijó na Prefeitura de Boca da Mata, Zé Tenório (PTB) chegou a se registrar como candidato a prefeito nas eleições deste ano mas renunciou em favor do filho. José Sabino Maynart Tenório, o Zezinho Tenório (PTB), que iria disputar a Câmara de Vereadores, tem 24 anos e é formado em Administração.

Também está na disputa José dos Santos (Zé dos Santos, do PEN), um técnico em Contabilidade que fará 60 anos em dezembro.


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia