Acompanhe nas redes sociais:

20 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 885 / 2016

23/08/2016 - 10:23:14

Eduardo Pedrosa usa máquina pública para tentar se eleger

Prefeito em exercício é denunciado NO MP por improbidade administrativa

João Mousinho [email protected]
Eduardo Pedrosa e Bruno Praxedes têm parentes na folha de pagamento da prefeitura

A insegurança jurídica que toma conta de União dos Palmares com os constantes afastamentos judiciais do prefeito eleito Beto Baía colocou o vice-prefeito Eduardo Carrilho Pedrosa em condições de disputar o pleito deste ano tendo como vice o ex-secretário de Educação e vereador, Bruno Praxedes. Até então algo natural no campo da política partidária, mas o que vem sendo feito pelo prefeito tampão para beneficiar familiares e correligionários na tentativa de angariar votos e poder foi parar no Ministério Público Estadual. 

Segundo denúncia encaminhada ao Ministério Público Estadual pela Associação Regional de Combate a Corrupção Política no Estado de Alagoas (ARCOP), o prefeito em exercício transformou a prefeitura em cabides de emprego. O documento destaca que essas pessoas nomeadas estão a serviço do candidato a prefeito e seu vice, o que pode ser comprovado através do grau de parentesco. 

Outra irregularidade revelada pela ARCOP é que essas pessoas não vão trabalhar, lesando assim o erário em milhares e milhares de reais todos os meses. Outro ponto narrado é a falta de critério técnico paras as contratações, pessoas sem as formações e competências devidas para ocupar cargos. 

Só os irmãos de Bruno Praxedes, candidato a vice, Bernar Leitão Praxedes e Breno Leitão Praxedes, recebem juntos R$ 7.500 mil dos cofres públicos de União dos Palmares. A folha de pagamento demonstra que Bernar, de matrícula 11486, recebe mensalmente R$ 6 mil. Já Breno, de matrícula, 11264 recebe R$ 1.500,00. 

O presidente em exercício da Associação Regional de Combate a Corrupção, Carlos Roberto da Silva, enfatizou que o apoio da família Praxedes custa caro devido sua influência política na cidade de União dos Palmares. “Não há limites para Eduardo Pedrosa compor com esse pessoal; se possível ele empenha até a prefeitura”. 

Também há caso de nepotismo no município: a filha de Eduardo Pedrosa, a dentista Maria Eduarda Paulino Pedrosa, de matrícula 11114, recebe R$ 1.500,00. A nora do prefeito em exercício, Renata Melo, é outra beneficiada no cabide de emprego montado por Pedrosa para beneficiar familiares e aliados. A matrícula funcional de número 10095 revela que a esposa de Gustavo Pedrosa recebe mensalmente R$ 1.000,00.

Outra nora do prefeito que também goza dos recursos públicos é Sabrina Mendes dos Santos, que é namorada de Lucas Pedrosa. Sabrina recebe, conforme relatório da folha de pagamento da prefeitura, R$ 1.700,00 no cargo de auxiliar administrativo conforme a matrícula 11458.  A mãe de Lucas Pedrosa, Maria Emília Carrilho Pedrosa, é mais uma que compõe a lista de beneficiados da prefeitura; sua matrícula 11488 demonstra o recebimento mensal de R$ 1.100,00. 

A imensa lista dos comissionados da Prefeitura de União dos Palmares ainda conta com a cunhada do candidato a vice-prefeito, Eutalia Alice Simões Carvalho, que é esposa de Breno Praxedes. Alice Simões, de matrícula funcional 10267, recebe dos cofres públicos R$ 1.500,00 por mês. 

A Associação Regional de Combate a Corrupção Política no Estado de Alagoas por meio dos seus dirigentes informou ao Jornal EXTRA que novas denúncias de desmandos e práticas de improbidade administrativa contra a gestão do prefeito Eduardo Carrilho Pedrosa devem ser encaminhadas até o fim do mês para os Ministério Público Estadual e  para o Federal, ao Tribunal de Contas e à Polícia Federal. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia