Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 885 / 2016

23/08/2016 - 10:06:35

O um país de hipócritas!

JOSÉ ARNALDO LISBOA

Uma das palavras mais feias do nosso dicionário é a palavra “hipocrisia”. É com ela que os nossos dirigentes nos enganam nos períodos eleitorais, como esse que estamos vivendo. Para melhor ilustrar o que queremos dizer, basta que usemos a nossa Constituição como exemplo da maior hipocrisia que existe, quando dizem que todos nós somos iguais perante as leis. Isso é fazer o brasileiro ser tido como gente trouxa, boboca e e palhaço. Sempre estivemos diante de uma grande hipocrisia e mentira, quando usando as nossas leis, para proteção de corruptos, bandidos e propineiros, dando a eles um tal de “foro privilegiado”. Esse negócio de foro privilegiado para os maiores corruptos do Brasil é de deixar o mundo boquiaberto com tanta mentira. Ora, o respeito deve ser um direito de todos e para todos e que deve ser exercido por todos, em prol de toda a humanidade.  Eu fico “p… da vida”, quando dizem por aí que devemos respeitar as nossas autoridades constituídas, já que elas possuem um bom nível social, uma boa fortuna ou porque elas são detentoras de fama e prestígio. Os nossos legisladores falam muito no respeito que dizem ter a Deus, mas esquecem da prática diária. 

O Brasil está um país corrompido, sem respeito às leis, aos símbolos pátrios, aos hinos oficiais e às figuras da nossa História do Brasil. Na televisão, os filmes, as novelas e os tais de BBBs insultam aos homens de vergonha que ainda existem.  A bagunça tomou conta dos estádios de futebol, das praias e das praças. Antes, nós só ouvíamos falar em roubos praticados por marginais, assaltantes e arrombadores, mas já não há mais o respeito ao dinheiro público, às coisas públicas, principalmente pelas nossas autoridades e pelos políticos ambiciosos. O Brasil virou uma “casa de mãe Joana”, onde todo mundo falta com o respeito às normas, aos códigos e às proibições. Em termos de respeito ao povo, está havendo um verdadeiro bacanal nas redes sociais, num mundo cão, comandado, até, por redes de prostituição infantil. Em certos aspectos, o Brasil virou anarquia, como um país especializado em livrar das grades criminosos cínicos, em conceder “habeas corpus” a meliantes, em transformar penas de prisão em serviços comunitários e em conceder prisão domiciliar a bandidos de colarinho branco. Somos um país no qual a nação divulga, diariamente, os resultados do “jogo de bicho”, mesmo sem sem dizer que ele é proibido. Agora, o senhor Temer e o sr. Meirelles,  estão querendo oficializá-lo, para melhorar  o caixa do governo e a saúde do povo besta.

Pelos resultados das recentes olimpíadas,  o Brasil está vibrando com as “medalhas de ouro” que conseguiu, além da medalha obtida como um povo mais corrupto do planeta. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia