Acompanhe nas redes sociais:

18 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 881 / 2016

26/07/2016 - 10:29:54

Por que eles não julgam logo?

JOSÉ ARNALDO LISBOA

Para os meus escritos semanais, no jornal EXTRA, eu já recebi várias denúncias sobre escândalos que envolvem políticos, principalmente do estado de Alagoas. Tais denúncias também nos chegam através de televisões, jornais, rádios e redes sociais. Umas delas se refere especificamente ao deputado federal Cícero Almeida, ex-prefeito de Maceió, todas com referências a processos judiciais, movidos contra ele. Se for verdade o que dizem as notícias e os tribunais de Brasília, eu ainda não sei porque ainda não o julgaram. Afinal de contas são denúncias sérias e, como tais, já deveriam ter sido julgadas, para que o povo pudesse saber se o tal deputado vai poder ser candidato nas eleições que se aproximam, principalmente no que se refere ao processo sobre o “escândalo dos 150 milhões de reais do lixo de Maceió”. O povo, os eleitores e o próprio deputado já deveriam saber se vai ou não vai haver julgamento, antes das eleições, com a condenação ou com a sua inocência. Ora, segundo dizem, ele tem os melhores e os mais caros advogados do Brasil, pois, dizem que ele já é, também, um dos homens mais ricos de Alagoas. De princípio, eu considero os nossos tribunais como compostos de homens imparciais e honestos, e é até estranho a demora que está havendo, para os julgamentos. Para um político, essa demora provavelmente irá prejudicá-lo, já que as eleições serão no outubro próximo.  

Eu não sei por que no Brasil, os julgamentos demoram tanto!! Dizem os fofoqueiros que é para saberem “quem dá mais”, coisa que eu não acredito. Antes das eleições, como essas que irão acontecer, os senhores ministros julgadores deveriam apressar os julgamentos, para que eles não prejudicassem os candidatos nas suas campanhas eleitorais. Nesta semana que se findou, mandaram para mim um “vídeo”, divulgado nas televisões brasileiras, em horário nobre, uma notícia, dando conta de que o deputado federal Cícero Almeida desviou 28 milhões de reais do Ministério da Previdência Social e que ele e mais oito ex-secretários municipais estão envolvidos no escândalo. 

A noticia diz que o citado deputado poderá ser condenado a 10 anos de prisão, por improbidade administrativa, por desvios de recursos previdenciários e por apropriação indébita. Isso é muito grave numa eleição!  Eu acredito que, antes das eleições, os senhores ministros deverão julgar todos os demais processos. Uma Justiça lenta também é um caminho para a impunidade. Assim sendo, tomara que os senhores ministros não deixem para “o Dia de São Nunca”, como às vezes fazem!!!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia