Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 873 / 2016

28/05/2016 - 16:21:20

SOS Alagoas

Cunha Pinto

Fila nos bancos

É péssimo, em Maceió, o atendimento a aposentados nos bancos que vão receber proventos (ou salários?) e resolver pendências no fim de mês.Canseira de horas em pé e  sem ter a quem se  queixar para  abrandar  o que chamam “ tortura”.

Outros setores

Mas ante a ausência de quem faça leis serem cumpridas, o mau atendimento se amplia a outros lugares. Uns reclamam da lei, e motivo não haver quem faça a lei ser cumprida. Se conta nos dedos os que conheçam os  seus direitos.  

Audiência pública 

Aprovada no Senado, em audiência pública, a legalização de contratação do trabalho em épocas intercaladas em setores de demanda variável. Proposta foi do deputado PauloPaim (PT-SP).

Ações do Governo

Antônio Pinaud,  secretário estadual do Desenvolvimento Social, questionou o deputado Rodrigo Cunha. A ver, ausência de ações do governo na proteção às famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade. Ou a desatenção da lei aprovada na Assembleia.

Agricultura familiar

Emater-AL confirma haver regularizado  200  produtores rurais que estavam com  situação irregular  no Estado. É ação que permite a eles emitir Declaração de Aptidão ao Prona.  É iniciativa com  proposta  de inovação do Instituto pró Desenvolvimento Rural Sustentável.  

Santana do Ipanema  

Equipes da Emater atuam  nos povoados Puxinanã, Barriguda, Rio, Areias Brancas  e Queimado e  avançam nas regiões vizinhas. Há informação de que outros municípios da região foram visitados e  outros  estão  agendados.

Acidentes no trânsito

Segundo dados do Observatório Nacional de Segurança Viária, entre as causas maiores de  acidente no trânsito está o erro humano. As mais comuns: falha no veículo e uso de bebida alcoólica  antes ou dirigindo. Causas? 50% são falhas do veículo. 

Temporada turística

O prefeito Marcos Madeira, de Maragogi, proibiu o tráfego de bugre na beira-mar. Foi decisão bem recebida no setor de turismo e  hoteleiro começam os preparativos para o período das férias de junho/.julho. Previsão de veranistas é a melhor possível.

Reajuste de salário

Contraproposta  do prefeito Rui Palmeira, de reajustar salários dos servidores da  Prefeitura de Maceió em 4,5% não era o que esperavam, mas prevaleceu  o entendimento  e da expectativa é se será extensivo aos  aposentados.  

Exploração sexual

Neide Castanha, combativa na luta contra a exploração sexual de criança e adolescentes, foi homenageada na Câmara Municipal de Maceió no Dia Nacional  do Combate à Exploração Sexual da Criança e do Adolescente. Ela tem história: defendeu a aprovação do Estatuto da Criança em 2010 e o Disque-Denúncia 100. 

Crianças vulneráveis

A vereadora Mabel Araújo, em pronunciamento na Câmara de Maceió, fez críticas ao alheamento da administração pública na região Norte que definiu como uma das mais carentes, inclusive até de escolas.

Cadê os outros? 

A pergunta que anda nas ruas é sobre os confirmados na roubalheira da Operação Lava Jato mas ainda em liberdade e uns até gozando benesses na vida pública. E presos só uns “gatos pingados”.

Assistência Social

Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Seades) propõe iniciar em breve cruzamento de dados para colher informações  mais precisas  das prefeituras para ampliar os inscritos no Benefício da Prestação Continuada de Assistência Social.

Só coincidência?  

Alagoanos cismam que assaltos a bancos no interior do Estado estão sendo praticados por grupos de fora. Alicerça a suspeita a evolução dos ataques coincidir com a proximidade da campanha eleitoral.

Propostas anunciadas

O deputado Galba Novaes e o vereador Galba Novaes Netto visitaram  o secretário  Antônio Picaud sobre propostas de obras para o Estado, mas ouviram também sugestões. Uma delas, atenção às famílias de baixa renda,  idosos edeficientes físicos.

Identificação de idosos

Um levantamento situa em mais de 21 mil o número de deficientes físicos no estado, maioria idosos e fora das ações sociais  do governo. A informação é do secretário Antônio Picaud na conversa com Galba e o filho.

Ajuda mensal

O benefício é ajuda mensal equivalente a um salário mínimo que o INSS  (Instituto  Nacional  do  Seguro Social) proporciona  para idosos acima de 65 anos ou mais, pessoas deficientes e   incapacitadas  para  o trabalho.


Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia