Acompanhe nas redes sociais:

18 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 870 / 2016

08/05/2016 - 18:30:10

ABC do interior

Eleições em Arapiraca

Ao que parece, o deputado estadual Ricardo Nezinho começa a respirar mais tranquilo após a polêmica da aprovação do Projeto Escola Livre. Vejamos: com articulação da prefeita Célia Rocha (PSL), dos 15 vereadores de Arapiraca, 13 já declararam apoio a sua pré-candidatura a prefeito e de Yale Fernandes, também do PMDB, para vice-prefeito da Capital do Agreste.

Oficializaram apoio

O presidente da Câmara Municipal, Márcio Marques (PSL) e mais 12 vereadores oficializaram o apoio a Nezinho e Yale durante uma reunião realizada na noite desta quarta-feira (4). O encontro ocorreu na residência do vereador Fabiano Leão.

Célia e Luciano

O deputado estadual Ricardo Nezinho destacou a união do grupo, que conta com o empenho da prefeita Célia Rocha, do governador Renan Filho (PMDB) e do vice-governador Luciano Barbosa (PMDB). 

“Eleição não se ganha com cinco ou seis pessoas isoladas, mas com o apoio de todos e ouvindo principalmente o povo”, afirmou o vereador Fabiano Leão, destacando a história de vida pública de Ricardo Nezinho e Yale Fernandes.

Plano de governo

O grupo pretende, em breve, lançar um programa para ouvir as sugestões de todos os segmentos da sociedade.

“Com base nesse programa, será montado o plano de governo com a participação de todos os cidadãos e cidadãs de Arapiraca”, acrescentou. 

Rompeu com os Gaias

A informação é do jornalista Berg Moraes: O rompimento político entre as famílias Gaia e James Ribeiro foi consolidado na última quarta-feira (4) com a exoneração de Karoline Gaia, esposa do ex-secretário de Infraestrutura de Palmeira dos Índios, Rodrigo Gaia, do cargo em comissão de diretora do Centro de Especialidades Médicas do município. Já havia antecipado o afastamento do prefeito James Ribeiro (PMDB) da família Gaia, fato que foi inicialmente negado por ambas as partes. No entanto, a ligação que era praticamente umbilical, foi rompida por interesses políticos.

Nova escolha

Ainda de acordo com o jornalista palmeirense, Rodrigo Gaia (PR) que já assumiu importantes pastas na gestão de James Ribeiro, entre elas a da Administração, Captação de Recursos e Infraestrutura, confirmou o fim da participação de sua esposa na atual gestão municipal. “Ela entregou o cargo, pois o prefeito fez a escolha dele pela candidatura da Dra. [Verônica]”, revelou o prefeitável, que não quis dar mais detalhes sobre a decisão tomada. 

Afastando ex-aliados

Segundo Berg Moraes, um funcionário da prefeitura, que preferiu não ser identificado, afirmou que servidores com cargos comissionados que tenham ligação com a família Gaia serão afastados de suas funções ainda essa semana.  

Completo desrespeito

A diretoria da Frigovale não atendeu convocação da Câmara Municipal e não participou, na terça-feira, 3, da audiência pública para debater o funcionamento irregular do frigorífico que tem sido alvo de denúncia por parte de moradores do Brisa do Lago e de marchantes que denunciaram que estão recebendo bois abatidos com oito quilos a menos. Essa denúncia, inclusive, foi feita durante a reunião pelo vereador Fabiano Leão, que se mostrou preocupado com a situação dos açougueiros de Arapiraca e região Agreste. 

Mau cheiro

O mais absurdo, segundo os vereadores que participaram da audiência pública, é que a direção da Frigovale mandou um ofício 40 minutos depois do início da reunião “justificando” a ausência da empresa, que desde o início do funcionamento vem provocando inúmeros problemas, dentre eles um mau cheiro insuportável que vem afetando a saúde das comunidades que moram ao redor do frigorífico. 

Providências

De acordo com o líder comunitário Pastor Marcelo, o mau cheiro é proveniente de quatro poços de decantação a céu aberto que recebem sangue e restos de animais sem qualquer critério técnico ou tratamento para evitar o problema que tem levado, inclusive, centenas de pessoa a procurarem ajuda médica. 

“Eles não estão nem aí para a população. Mas os órgãos competentes, a exemplo da Defensoria Pública e a Justiça, já estão tomando as providências cabíveis. É tudo uma questão de tempo”, disse o pastor.

Violência

A Prefeitura de Arapiraca, em parceria com a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) e com a organização Inteligência Relacional, aposta na cultura da paz e na educação emocional como meios para a formação de jovens e cidadãos capazes de lidar com suas próprias emoções e conflitos de maneira que impere, sempre, o respeito e o diálogo não só em sala de aula, como também fora dela.

PELO INTERIOR

... A Escola de Ensino Fundamental Crispiniano Ferreira de Brito, no bairro Cacimbas, como as demais 56 escolas municipais arapiraquenses, há cerca de um mês implantou a Metodologia Liga Pela Paz na grade curricular de ensino do 1º ao 7º ano.

... A professora Evaneide Maria da Cruz de Santana, do 5º ano, observou que o comportamento de um de seus alunos melhorou notavelmente depois que as quartas-feiras da escola passaram a ser dedicadas à Educação Emocional e Social. 

... O N.S, de 7 anos, costumava ser uma criança difícil. Falava o tempo todo em “arma”, qualquer coisa o incitava a brigar. Certa vez, a professora pediu que ele e as crianças desenhassem livremente. Então N.S desenhou um revólver.

... Com informações do jornalista Davi Salsa: Prestes a completar 100 anos de sua fundação, a única indústria têxtil do Sertão de Alagoas, a Fábrica da Pedra, em Delmiro Gouveia, pode renovar as férias coletivas dos 586 funcionários e continuar sem produzir.

... A empresa tem uma dívida de R$ 1,8 milhão com a Eletrobras, que já cortou, no período de três meses, duas vezes o fornecimento de energia para a fábrica.

... O último corte feito pela Eletrobras aconteceu no último dia 29 de março, obrigando a direção da indústria conceder férias coletivas para todos os funcionários.

... Segundo o gerente da Fábrica da Pedra, Luiz Anhanguera, a diretoria continua negociando com a Eletrobras.

... Ele revela que foi proposto um parcelamento da dívida em 36 meses, mas a companhia de eletricidade só ofereceu a condição de cinco parcelas para quitação do débito no valor de R$ 1,8 milhão.

... Ainda de acordo com Luiz Anhanguera, o período de férias coletivas termina no próximo dia 20 deste mês,  com a volta dos 586 funcionários e reinício das atividades produtivas.

... A todos um excelente final de semana, cheio de paz e saúde. Até a próxima edição. Fui!!!!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia