Acompanhe nas redes sociais:

18 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 870 / 2016

06/05/2016 - 14:07:19

João Beltrão dá calote em partido e pode ter bens executados

PRTB cobra na Justiça débitos do deputado estadual

Da Redação
Bezerra, presidente do PRTB em Alagoas, dz que ações cobrando Beltrão e Aparecida do Luiz Pedro foram ajuizadas pela Executiva Nacional

 O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) ingressou com ação cível contra o deputado estadual João Beltrão (PSD), por não ter pago as contribuições financeiras com a sigla. Segundo a assessoria jurídica do partido a dívida do parlamentar já ultrapassa mais de R$ 200 mil.

Desde quando se filiou ao PRTB para ser candidato à reeleição que Beltrão não vem pagando a contribuição de 10% do seu vencimento bruto. “Cada partido estipula suas regras e antes de se filar todas as pessoas estão cientes do nosso regimento e normas. A ação judicial foi uma medida para garantir o recolhimento das contribuições não pagas”, garantiu o jurídico do PRTB.

Se a dívida não for sanada de forma legal, a Justiça pode executar os bens do parlamentar.  Antes que a expulsão partidária de João Beltrão ocorresse pelo não pagamento das contribuições, ele migrou para o Partido Social Democrático (PSD) na última janela partidária para as eleições de outubro.

O PSD é comandado em Alagoas pelo clã dos Beltrão, o próprio filho de João Beltrão, o deputado federal, Marx Beltrão, que ventilou sua saída do PMDB para fortalecer seu sonho de disputar uma vaga no Senado em 2018. A ida de João Beltrão para o PSD sinaliza a possibilidade do fortalecimento de frentes de lideranças do litoral Sul na tentativa de eleger Marx.

Presidente explica

O presidente do PRTB em Alagoas, Adeilson Bezerra, explicitou que as ações foram movidas pela Executiva Nacional do partido e foi aplicada para todos os parlamentares com dívidas em todo Brasil. “Não posso fulanizar o caso, pois quem não está em dia com suas obrigações estatutárias foi acionado em Alagoas. Tenho a informação que no Estado pelos menos 25 parlamentares do PRTB foram acionados na Justiça”.
Bezerra explicou que o partido precisa sobreviver e para isso precisa de contribuição.

“Temos aluguel de sede, funcionários, contas para pagar, o partido só sobrevive com contribuição. Não  existe uma fórmula mágica”, finalizou.

O que diz JB
Através de sua assessoria de comunicação, o deputado estadual se posicionou:  “João Beltrão nunca recebeu nenhuma notificação da Executiva estadual do partido e destacou que sempre ajudou o PRTB no âmbito local. O deputado disse ainda que - se há um pedido da Executiva Nacional - ele também não sabe e nunca soube. JB adiantou  que sempre - como filiado - atendeu o PRTB local e cumpriu todos os procedimentos partidários. Essa é uma questão que o PRTB estadual deve resolver e não ele. O deputado estadual sempre atendeu a sigla no que foi requisitado”.

Vereadora  também deve

A assessoria jurídica do PRTB revelou ao EXTRA que a vereadora por Maceió, Aparecida do Luiz Pedro também foi acionada na Justiça para quitar suas dívidas com a sigla.  Assim como João Beltrão, a vereadora também deixou de fazer o repasse mensal dos 10% do seu vencimento bruto.

Aparecida do Luiz Pedro deve hoje mais de R$ 90 mil, segundo o jurídico do PRTB o esse valor está atualizado. Já há uma audiência de conciliação marcada para que a vereadora quite seus compromissos com PRTB.

A vereadora por Maceió aproveitou a janela partidária para migrar para o Democratas (DEM), que é presidido em Alagoas pelo secretário de Saúde de Maceió, José Thomaz Nono, e faz parte do bloco de apoio ao prefeito Rui Palmeira (PSDB).

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia