Acompanhe nas redes sociais:

15 de Dezembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 865 / 2016

31/03/2016 - 17:22:31

Cícero Almeida corre o risco de perder mandato

Deputado é acusado de abandonar PRTB sem justa causa

Da redação
Cícero Almeida

Acostumado a trocar de partido como quem troca de camisa, o deputado Cícero Almeida corre o risco de perder o mandato por infidelidade partidária. O processo em que o PRTB o acusa de haver abandonado o partido sem justa causa, será julgado pelo TSE nos próximos 30 dias sob a relatoria da ministra Luciana Lócio. 

Após trocar o PRTB pelo PSD, no final do ano passado, Cícero Almeida mudou de partido mais uma vez, e agora se refugia no PMDB na esperança de que o senador Renan Calheiros salve o seu mandato. O que não será nada fácil dada a conhecida atuação firme de Luciana Lócio, tida como ministra linha dura.

Único deputado federal eleito pelo PRTB no país, Cícero Almeida diz-se candidato a prefeito de Maceió, agora pelo PMDB dos Calheiros. Se perder o mandato para o partido de Levy Fidélix, ficará vulnerável politicamente. E na possibilidade de uma derrota na eleição municipal, ficará desempregado e pode até encerrar sua aventura política. Isto se antes não for atropelado por um acordo político entre Rui Palmeira e os Calheiros envolvendo compromissos para a eleição de 2018. 

Segundo a direção nacional do PRTB, “é inútil o esforço do deputado em alegar justa causa para sua desfiliação, porque baseada em alegações meramente fantasiosas. Ao dizer que foi destituído abruptamente da direção partidária municipal e estadual o requerido falta com a verdade”. 

O PRTB também nega ter havido qualquer tipo de divergência entre a direção nacional do partido e o deputado Cícero Almeida. “Sua alegação nesse sentido revela a inconsistência e a aventura infundada ao querer “construir, até judicialmente” uma justa causa, que secundasse sua injustificada desfiliação”. 

Se perder o mandato, sua vaga na Câmara Federal será ocupada por Val Amélio, o segundo candidato mais votado do partido em Alagoas na última eleição. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia