Acompanhe nas redes sociais:

21 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 864 / 2016

25/03/2016 - 10:13:58

Sururu

Canal de propina

Da redação

A notícia de que o Canal do Sertão está incluído na lista de obras da Odebrecht movidas a propina era tudo o que Alagoas não precisava. A empresa, que já havia demitido centenas de trabalhadores, agora não tem perspectiva de quando retomará as obras.

 Anunciado como redenção econômica do alto Sertão alagoano, o Canal do Sertão é a maior obra do governo federal no Estado e última esperança para milhares de famílias castigadas pela seca na região. 

Agora, com a corrupção invadindo as águas do canal, teme-se que o projeto fique paralisado por tempo indeterminado, com risco de se transformar em mais uma obra inacabada. 

Corrupção

A prefeita Lane Cabudo, de Palestina, está usando as máquinas do PAC em obras públicas e “comprando” notas fiscais de construtoras sediadas em Arapiraca e Olho Dágua das Flores. Essa nova prática de corrupção está se espalhando por outros municípios sertanejos e já chegou ao conhecimento do Ministério Público.  

Rio Largo

Essa semana o senador Benedito de Lira firmou seu apoio ao pré-candidato a prefeito de Rio Largo, Gilberto Gonçalves. Biu vai apoiar o ex-deputado Taturana, aquele que foi flagrado em um grampo telefônico exigindo sua parte no esquemão montado pelos seus pares na Assembleia Legislativa. 

Casa nova 

Esposa do Cabo Luiz Pedro, a vereadora Aparecida, se filiou ao DEM essa semana. Está tudo certo para a eleição de um blocão de 12 a 14 vereadores aliados de Rui Palmeira. Pelo menos é o que se comenta nos corredores da Câmara. 

Justiça

O juiz Jonh Silas pode fazer justiça e afastar o prefeito Rogério Farias do cargo. Acostumado a desrespeitar a população e desafiar o Poder Judiciário, o mandato de Rogério pode estar com os dias contados. 

Lava Jato 

Esta semana a ex-senadora Heloísa Helena usou sua rede social para apoiar a Operação Lava Jato. Parece que a última pesquisa em favor de sua amiga inseparável, Marina Silva, trouxe ânimo à vereadora, que estava em silêncio sobre o caso. 

Favas contadas

A cidade do presidente do Congresso, Renan Calheiros, deve ter como principal nome do clã para concorrer à Prefeitura Olavo Calheiros Neto, bem quisto entre os conterrâneos. A eleição do jovem político é tida como favas contadas. A dúvida  é saber quem será o seu vice, entre os muitos postulantes ao cargo.  

No rumo 

Essa semana o pré-candidato a prefeito de São Sebastião, Atila Lima, negou qualquer aliança com a família Pacheco e disse que seu nome continua forte no páreo de outubro. 

Concorrência 

A família Porto também começa a sinalizar sua independência política na cidade de São Sebastião. O professor Marcelinho Porto disse que o momento é de analisar a conjuntura e decidir o futuro político do seu grupo no momento oportuno. 

Ciço traíra 

Aliados de Renan Filho acham que o apoio do governador ao deputado Cícero Almeida um tiro no pé.  Almeida, que quer voltar a ser prefeito de Maceió,  é considerado “traíra” por não cumprir compromissos com seus “apoiadores”. 

Morre Carivaldo Brandão

Familiares e amigos deram ontem seu último adeus ao jornalista Carivaldo Brandão, um dos fundadores do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas e também seu ex-presidente. Figura notável pelo senso de humor e grande espírito de camaradagem, Carivaldo, que faleceu na noite da terça, 22, deixou um legado de respeito e ética entre antigos e novos companheiros. Transitou como poucos dentre as várias gerações do jornalismo alagoano e testemunhou ao longo das últimas décadas fatos memoráveis da história dwe Alagoas. 

Dinhero sujo

A CPI do Futebol vai quebrar o sigilo bancário de Gustavo Feijó para saber quanto dinheiro da CBF entrou na conta do cartola alagoano durante sua campanha para prefeito de Boca da Mata. Se confirmado o uso de caixa-2, Feijó pode perder o mandato por crime eleitoral.

Planilha da propina 

A Polícia Federal encontrou na residência de Benedicto Barbosa Jr, presidente da Odebrecht Infraestrutura, uma longa lista de pagamentos a diversos políticos de partidos governistas e de oposição. Há governadores, senadores, prefeitos e deputados.  

Há diferentes planilhas com uma infinidade de nomes. Os investigadores querem saber se os valores se referem a doações eleitorais oficiais ou propina.

De Alagoas, aparecem na lista Téo Vilela e Rui Palmeira.  

Maragogi 

A disputa em Maragogi promete ser acirrada. Mais uma vez a Prefeitura será disputada entre Marcos Madeira e o  médico Fernando Sérgio Lira. Vale lembrar que Madeira foi denunciado no MP por um desvio milionário de recursos quando administrou Maragogi. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia