Acompanhe nas redes sociais:

22 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 863 / 2016

22/03/2016 - 15:18:01

Sururu

Chega de roubalheira!

A entrada de Cícero Almeida na disputa pela Prefeitura de Maceió vai polarizar a campanha e dar ao eleitor a oportunidade de comparar as gestões do ex-prefeito com a do atual Rui Palmeira. 

Não só do ponto de vista de obras físicas realizadas, mas, so-bretudo, na questão da ética e da moralidade no serviço público. 

Almeida tem como bandeia de campanha o calçamento de ruas em vários bairros – maioria delas sem saneamento básico - enquanto Rui destacará a qualidade das obras que realiza, com foco na infraestrutura da cidade e na moralidade pública. 

Enquanto o deputado luta desesperadamente para livrar-se dos processos em que é acusado de corrupção, o prefeito é reconhecido como um dos poucos políticos ficha-limpa do Brasil. 

No país dos petralhas,  “mensalão” e “petrolão” rima com corrupção, que será lembrada na próxima eleição como grande câncer que corrói Alagoas e o Brasil. 

A força de Renan 

Os deputados Cícero Almeida (federal) e Marquinhos Madeira (estadual), que entraram no PMDB pela janela da infidelidade partidária, correm o risco de ter seus mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. Mas eles acreditam na força política do senador Renan Calheiros para barrar esses processos. 

Nau sem rumo 

É grande o número de políticos com mandato que aproveitaram a janela da infidelidade partidária para pular do barco petista, à deriva em todo o país. Quando o navio começa a naufragar, os ratos são os primeiros a cair na água. 

Alfredo na PGE 

O procurador de Justiça Eduardo Tavares arquivou seus planos de voltar ao comando da Procuradoria-geral de Justiça para disputar a Prefeitura de Traipu, sua terra natal. Na ausência de Tavares, um nome forte para pilotar o Ministério Público Estadual é o do promotor Alfredo Gaspar de Mendonça, que dispensa apresentação.  

El Chapo na Casa Civil

A conversa entre Lula e Wadih Domous é assustadora.

Eles usam a linguagem dos narcotraficantes.

Lula diz que é preciso aterrorizar o juiz Sergio Moro e os procuradores da Lava Jato:

“Bicho, eles têm que ter medo. Eles têm que ter preocupação... Um filho da puta desses qualquer que fala merda, ele tem que dormir sabendo que no dia seguinte vai ter dez deputados na casa dele enchendo o saco, no escritório dele enchendo o saco, vai ter uma representação no Supremo Tribunal Federal, vai ter qualquer coisa”.

Ele diz também:

“Por que a gente não pode achincalhar?”

Nem El Chapo chegou a tanto. (O Antagonista) 

Lula só tem laranjas

Até o telefone celular usado por Lula está em nome de um laranja.

O fato foi noticiado na coluna Painel, da Folha de S. Paulo:

“Lula de fato não tinha celular próprio. Seu segurança, Valmir Moraes da Silva, que o acompanha há mais de dez anos, é quem lhe cedia o aparelho toda vez que precisava contatar alguém. O celular, contudo, também não era oficialmente de seu auxiliar. Estava registrado no nome de um laranja. É por isso, segundo a Lava Jato, que o ex-presidente falava tão livremente ao telefone, mesmo sabendo que todos os seus passos estavam sendo monitorados”.

Desembarque 

O Diretório Nacional do PMDB se reúne no próximo dia 28 para decidir sobre o rompimento com o governo. O PT já perdeu o PSB, PRB e REDE. 

Bloqueio

A Justiça determinou o bloqueio de mais de R$ 7 milhões das contas da prefeitura de Canapi. A decisão, em caráter liminar, atende a uma ação movida pelo Sindicato dos Servidores Municipais. 

Sem saneamento

Estudo publicado recentemente aponta que Maceió ocupa a 94ª posição em investimentos de saneamento, num ranking de 100 cidades.  Para se ter uma ideia, apenas 37,18% da capital alagoana é saneada.

Disputa acirrada

Em Paulo Jacinto a disputa pela prefeitura continua acirrada. Enquete realizada recentemente em uma rede social aponta empate entre dois possíveis candidatos. O ex-prefeito Marcos Lisboa lidera a pesquisa com 24,5% de intenção de voto. Seguido pelo vereador  Fabrício Faustino, com 24%. André Cassiano aparece com 5,5% e o ex-deputado João Neto com 1,5%. Mas se levar em conta os indecisos, 26% estão nessa categoria. Já nulos são 18,5%.

Fim de linha

Sem foro especial, Lula pode ser preso a qualquer hora. 

Gilmar Mendes e o crime de Responsabilidade de Dilma

O ministro Gilmar Mendes disse que o telefonema entre Dilma Rouseff e o fugitivo Lula “pode caracterizar crime de responsabilidade” por parte da presidente da República.

O STF não está totalmente dominado.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia