Acompanhe nas redes sociais:

12 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 859 / 2016

23/02/2016 - 18:12:37

S.O.S Alagoas

Cunha Pinto

Agricultura familiar

Agricultores da região do São Francisco, inscritos no Projeto Agricultura Familiar, receberam orientação de como proceder para solicitar renegociação de dívidas com os bancos do Brasil e do Nordeste. Encontro foi em Olho d´Água das Flores.

Cadeia produtiva

Jaime Silva, do projeto Agricultura Familiar: “Ao renegociarem as dívidas os agricultores voltam a ter acesso a linhas de crédito para continuarem investindo na terra e na sua cadeia produtiva”.

Como fica 

Moradores da Ponta da Terra pedem ao prefeito Rui Palmeira instalação de um semáforo no cruzamento das ruas Jangadeiros Alagoanos/Domingos Lordslen. É necessidade ante os riscos que correm na travessia de lado da rua e motorista não ter hábito de parar em faixa de pedestre. 

Motociclismo

Ante o número de motocicletas nas ruasde Maceió e estatísticas de acidentes com eles envolvidos, curiosidade do pedestre é saber quantos são os habilitados. E pior é serem tão frágeis quanto o pedestre.

Motociclista ou...

A forma como conduzem motos identifica o motociclista do motoqueiro. Explicando: motociclista é atento às leis; o motoqueiro, irresponsável no tráfego e de fácil identificação.

Projetos comunitários

A Petrobras iniciou dia 15 - e estende até março - oficina de Elaboração de Projetos Comunitários para moradores de Maceió, Boca da Mata e São Miguel dos Campos. É iniciativa com apoio dos fóruns das Agendas 21 Comunitárias.

 Até tu... Lula? 

“Na vida nada como um dia atrás do outro”. Frase é inclusa nas denúncias contra Dilma e Lula. É quadro novo na política do País que motiva dúvida sobre o futuro do PT nas eleições de outubro.

Jacarecica

É natural nos primeiros dias motorista sentir dificuldade para se adaptar a mudanças no trânsito em Jacarecica. Mesmo havendo aviso na televisão, apareceram queixosos, mas uma maioria sem  razão, vez que são  moradores do bairro.

Sessão de abertura

Vereadores abriram terça-feira o ano legislativo com sessão na Câmara Municipal de Maceió. Pauta esteve sobrecarregada de mensagens (85), várias do Executivo para discussão e votação. Dos vereadores propostas foram sobre projetos de lei, moções e decretos legislativos.

Água: reutilização

Kelmann Vieira (PMDB) propôs na Câmara permissão para o reuso da água de água da chuva, mas sem o uso potável. Sugere como locais de uso clubes, condomínios, conjuntos habitacionais,residências, industriais, comerciais e órgãos públicos.

Bolso fechado

No principio do “manda quem pode obedece quem tem juízo”, virou rotina maceioenses em compras pesquisar os preços para depois decidir o que leva. Máquina de calcular é indispensável, daí ser comum aparecer nos supermercados e feiras livres.

Combustível

Gás natural veicular (GNV) vem tendo aceitação mais expressiva no Brasil. Maior até que a gasolina. E a Agência Nacional do Petróleo (ANP) revela: o GNV é 61% mais econômico para o consumidor e 52% mais barato que a gasolina.

Mais combustível

Assessoria da ANP: “Na segunda semana deste mês (fevereiro), o custo do quilômetro rodado com GNV em Alagoas foi de R$ 0,16, contra R$ 0,34 da gasolina e R$ 0,4% o etanol.

Violência

“A gente fica entregue aos bandidos e ninguém faz nada”. 

Frase foi do jornalista Marcelo Rezende na TV Record. Dá como razão “uma ausência de ações pelos  governos e o silêncio dos políticos no Congresso Nacional”.

Corte de despesas

“Não se deve gastar mais do que se pode”. Frase divulgada na mídia nacional adverte ao cidadão para não ir além dos limites do bolso. Compras a prazo no cartão e contrair empréstimos não são recomendáveis.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia