Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 856 / 2016

21/01/2016 - 20:48:00

Novela da Globo colabora com promoção turística de Alagoas

‘Velho Chico’ está sendo gravada na região do São Francisco. Local comemora 100% de ocupação hoteleira

Mirella Costa
Banhada pelas águas do São Francisco, a cidade de Piranhas é cenário de gravações da nova novela da Rede Globo

O Brasil se rende às belezas do Sertão alagoano. A pacata cidade de Piranhas, que se destaca pelo seu patrimônio histórico e pela presença imponente do Rio São Francisco, comemora o início do ano com a taxa de 100% de ocupação hoteleira.

Parte deste sucesso deve-se às gravações da próxima novela da Rede Globo, Velho Chico, que também contribuem para essa grande procura do destino. Artistas nacionais circulam na região, despertando a curiosidade de muitas pessoas.

A novela tem no elenco os atores Antônio Fagundes, Rodrigo Santoro, Rodrigo Lombardi, Patrícia Pillar, Fernanda Torres e Camila Pitanga. O roteiro é dividido em três épocas e está mobilizando uma grande estrutura de gravação. A novela deverá ir ao ar em abril, substituindo a atual Regra do Jogo.

Para estimular a divulgação do destino através dos atores e produtores das novelas em suas redes sociais, e também, para colaborar com o trabalho da emissora na região, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) tem trabalhado em conjunto com a secretaria de Cultura e Turismo de Piranhas e com a Associação de Turismo de Piranhas Guerreiros do Velho Chico.

As mais de 30 pousadas do município estão totalmente ocupadas desde o Natal e a previsão é que essa estatística se mantenha até o Carnaval, o que promove a geração de emprego e renda. A explosão turística do município beneficia também as cidades circunvizinhas, que já estão hospedando os turistas que não encontram mais leitos hoteleiros em Piranhas 

O resultado deste ano é fruto do trabalho realizado pela Sedetur para promoção do destino nas mídias tradicionais e, também, por meio do marketing digital, divulgando o destino em vários mercados nacionais e internacionais. “O crescimento da procura pelo sertão de Alagoas é resultado de um intenso trabalho de divulgação do destino, fortalecimento da estrutura gastronômica e hoteleira e capacitação dos profissionais do turismo na região para receber bem os turistas”, explicou a superintendente de Turismo da Sedetur, Natália Cordeiro.

O município situado às margens do Rio São Francisco e a 280 km de Maceió encontrou no turismo uma diferenciada fonte de geração de emprego e renda para a pequena população local. Com pouco mais de 23 mil habitantes, a economia da cidade se concentra na pesca, no comércio e no turismo.

“O turismo tem sido cada vez mais importante para economia de Piranhas, principalmente durante o período de defeso, quando todos que sobrevivem da pesca ficam sem sua principal fonte de renda e, agora, encontram outras possibilidades de trabalho, graças à expressiva vinda de turistas na alta temporada”, explicou a secretária de Cultura e Turismo de Piranhas, Patrícia Brasil Rodrigues.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia