Acompanhe nas redes sociais:

18 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 854 / 2016

10/01/2016 - 18:35:05

As minhas previsões para o ano de 2016

JOSÉ ArnaLdo LISBOA

Anualmente, em cada início de Ano Novo, quem vem me acompanhando nas minhas previsões deve estar lembrado que eu não errei em nada. Tudo que eu previ aconteceu no ano de 2015. Agora mesmo, eu estou, novamente, dizendo o que irá acontecer durante os 365 dias de 2016. Inclusive, todos os grandes jornais e revistas, do mundo inteiro, parece que vivem me copiando no que diz respeito às previsões para o Brasil. Às vezes, alguns leitores e amigos me perguntam por que as minhas previsões são tão precisas. Eu, simplesmente, acerto em tudo porque é muito fácil da gente saber quando os nossos políticos estão mentindo, quando estão roubando, quando estão enganando o povo e quando acham que nós somos babacas, palhaços ou “fila...da..put..”.

Parece que eu fui o único brasileiro que não acreditou quando a Sra. Dilma disse que iria diminuir o preço da energia elétrica, pois, poucos meses depois, ela mandou um aumento de 72 %. Parece que eu fui o único a não acreditar nos tais PAC-1, PAC-2 e PAC-3.!!!. Eu fui o único a dizer que a Sra. Dilma estava enganando o povo, quando dizia que não mexeria nos ganhos dos assalariados. Eu não sabia o que eram “pedaladas fiscais”, mas, sempre desconfiava do tal do ministro Mantega, com seu “jeitinho muito suave”. Ora, diante de tudo que aconteceu nos Governos do Lula e da Sra. Dilma, eu já sei como vai ser o nosso ano de 2016:

Primeiro – devido o Brasil estar todo desmantelado pela Sra. Dilma, vai ser um ano de muita compra de votos e de muita compra de apoios políticos.  Segundo – os ministros que foram escolhidos e nomeados por Lula e pela Sra. Dilma, mesmo honestos como são, terão que ser gratos para com os seus afilhados. Terceiro – os caras que já estão presos, logo, logo serão soltos, principalmente, por causa das festas do Natal, o Ano Novo, do Carnaval, da Semana Santa, do São João e das Olimpíadas. Quarto – os políticos de prestígio terão “habeas corpus”, prisão domiciliar e outras regalias e, o “povo que vá para a ponte que caiu...”.  Quinto – Lula será aplaudido de pé pelos políticos brasileiros, por ministros, por grande parte do Judiciário brasileiro e pelo povo. Sexto – a Sra. Dilma será inocentada e apresentará como seu candidato o inteligente, Lula. Sétimo – todos os políticos processados serão julgados e inocentados pelos melhores juízes e ministros do Brasil. Oitavo – brevemente, haverão novos escândalos, novos “lava-jatos”, novos escândalos no futebol, novas arenas para serem construídas. Nono – novas quadrilhas serão formadas, no Banco do Brasil, na Caixa Econômica, na Receita Federal e na Petrobras. 

Décimo – lamento dizer que o ano de 2016 será um dos piores anos para o Brasil, pois, sem impunidade, sempre seremos os piores do mundo em corrupção.  

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia