Acompanhe nas redes sociais:

15 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 850 / 2015

04/12/2015 - 20:42:59

Ações da Codevasf para minimizar efeitos da seca atingem 12 perímetros irrigados

Os investimentos somam R$ 38,2 milhões e foram assegurados pelo Ministério da Integração Nacional – os recursos encontram-se integralmente à disposição da Companhia

Da Redação

Doze perímetros irrigados da Codevasf estão recebendo ações simultâneas da Companhia, em quatro estados, para que a produção agrícola seja assegurada no atual quadro de intensa escassez hídrica no Vale do São Francisco. Os investimentos somam R$ 38,2 milhões e foram assegurados pelo Ministério da Integração Nacional – os recursos encontram-se integralmente à disposição da Companhia.

 A maior intervenção, no lago de Sobradinho (PE), chegou a ter nos últimos dias 200 trabalhadores e 85 equipamentos em atuação em um raio de dois quilômetros. As equipes se organizaram para permanecer até 20 horas por dia na área do projeto, que manterá a oferta de água ao perímetro irrigado Senador Nilo Coelho, situado nos municípios de Petrolina (PE) e Casa Nova (BA).

 “Os profissionais da Codevasf estão absolutamente comprometidos com as intervenções no Vale do São Francisco voltadas a resguardar a produção dos perímetros irrigados neste momento de crise. O trabalho tem sido executado com base em um planejamento minucioso e abrangente que nos permitirá entregar as estruturas emergenciais de captação com segurança”, ressalta o diretor da Área de Empreendimentos de Irrigação da Codevasf, Luís Napoleão Casado.

 As primeiras quatro motobombas que reforçarão a captação de água para o Nilo Coelho foram embarcadas no pátio da fabricante nesta semana, no Rio Grande do Sul, e devem chegar ao lago de Sobradinho nos próximos dias. “Para nos certificarmos de que os equipamentos estarão em operação dentro do nosso cronograma, acompanhamos a montagem das bombas, inspecionamos o embarque nas carretas e estamos monitorando o transporte no percurso até o lago de Sobradinho”, relata o diretor da Codevasf.

 O perímetro Senador Nilo Coelho tem cerca de 23 mil hectares de área cultivada e é responsável pela manutenção de aproximadamente 200 mil empregos diretos e indiretos – o valor bruto de produção anual é de quase R$ 1 bilhão. Além de servir à produção agrícola, a água captada pelo perímetro é usada para consumo por cerca de 130 mil pessoas que vivem na região. “No dia 5 de dezembro haverá água correndo no canal que estamos construindo para assegurar a captação”, afirma Casado.

 As ações da Codevasf voltadas à garantia da oferta de água para a produção irrigada alcançam os perímetros Senador Nilo Coelho, Brígida, Fulgêncio, Manga de Baixo e Icó-Mandantes, em Pernambuco; Curaçá, Maniçoba e Pedra Branca, na Bahia; Betume, Cotinguiba-Pindoba e Propriá, em Sergipe; e Itiúba, em Alagoas.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia