Acompanhe nas redes sociais:

13 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 848 / 2015

25/11/2015 - 00:00:00

S.O.S. Alagoas

Cunha Pinto

Alimentos

Écomum o alagoano consumir alimentos industrializados com certo exageroe sem observar a validade e  nutrientes. É desleixo que favorece risco de contrair doenças graves, como renal, caso do sal. e a diabetes, com o açúcar..

Pesquisa

Universidade de Campinas (SP) divulgou análise sobre possíveis consequências à saúde pelo abuso tanto do  sódio como de adoçantes nos alimentos. É, portanto, aconselhável aos pais, nas compras, observar o quadro de nutrientes. Só o  preço não basta. 


Código Penal

O Código Penal brasileiro recomenda:“menor não deve ser preso. Fica detido”. Mas o cidadão pergunta: “Qual a diferença?” E a ver a alta incidência de crimes com adolescentes envolvidos,  a maioria portando armas de fogo. 


VLT na linha

Os dormentes de madeira há anos sem uso na estação de Jaraguá são substituídos por de concreto e trilhos novos estão expostos para troca dos antigos. É serviço para ampliar o transporte do VLT no trecho Rio Largo/Jaraguá.


Educação ambiental

O IX Congresso Estadual de Educação Ambiental Lagoa Viva, no Centro de Convenções, teve presença média de mil participantes e 243 projetos apresentados por alunos de escolas do Estado. Tema: A construção de espaços educadores sustentáveis no Estado.


Cartão de crédito

Juros que administradoras de cartão de crédito estão cobrando deve merecer mais atenção ante reajuste em caso de atraso. Pode bater em até 37% e vira bola de neve persistindo a inadimplência. São as maiores taxas dos últimos 20 anos.


Conversa fiada?

Papo vai, papo vem, mas cadê as mudanças anunciadas para o setor do transporte urbano de Maceió? Pergunta é de usuários que se proclamam cansados tanto do desconforto como das propostas sempre “empurradas para épocas  eleitorais”.

Moradores reclamam

O prefeito Rui Palmeira conclui obras inacabadas na Leste/Oeste, mas moradores acham que Maceió tem outras regiões também  carentes de ações da prefeitura. São citadas nas reivindicações  o saneamento, pavimentação e limpeza.


Vale citar

Em “O Avantajado”, livro de pensamentos do Casseta&Planeta consta: “Para o bem da nossa democracia é preciso saber se o dinheiro público está sendo usado em negócios escusos ou simplesmente em roubalheira”.


E mais outra 

“Estamos entrando numa nova era, com Vênus na casa da família, Marte na casa da saúde e o desemprego na casa do cacete”.


Festival do Sol

Festival do Sol, com forte expressividade no cenário da música regional e raízes no Rio Grande do Norte acontece em Maceió desde o dia 11 e se estende até domingo, 22. Tem apoio da Petrobras.

Formato novo

Proposta do festival é ampliar presença no Nordeste com 214 shows de bandas nacionais e internacionais (França, Suécia e Portugal) e123 artistas. Detalhes no www.festivaldosol.com.br


Merece atenção

A CPMF, caso reativada, será para cobrir rombos do governo nos cofres públicos e também não surpreenderá se atingir a cerca de 58% dos brasileiros habituais no uso de cheques. Pré-datados principalmente.


Gás natural

O gás natural para veículos chega a ser 50% mais econômico no bolso do consumidor alagoano, em comparação aos gastos com gasolina e etanol. Dados foram divulgados pela Distribuidora Alagoana de Gás Natural (Algás).


Preços

Da Agencia Nacional do Petróleo (ANP): na primeira semana de novembro o preço médio cobrado no metro cúbico de gás natural veicular (GNV) foi R$ 2,298 contra os R$ 3,635 da gasolina e R$ 2,774 pelo etanol.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia