Acompanhe nas redes sociais:

12 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 848 / 2015

25/11/2015 - 00:02:00

Sururu

Guerra do trânsito

Da redação

Relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que o Brasil, país com a quinta maior população do mundo, foi o terceiro com mais mortes no trânsito, atrás apenas de China e Índia. Foram 46.935 em 2013, ou 23,4 óbitos para cada 100 mil habitantes. Sem falar nos milhares de mutilados. Para reduzir essa carnificina, o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) lançaram um manual com medidas simples que podem levar a reduções significativas nos acidentes e mortes. Acender os faróis durante o dia, por exemplo, diminui os atropelamentos em 24%, as colisões laterais e frontais em 10%, e as colisões traseiras em 14%. Já a utilização de limitador de velocidade faz o número de acidentes com mortes cair 38% e a quantidade de acidentes sem óbito diminuir 23%. Outras experiências que merecem destaque no manual são os testes periódicos dos motoristas para álcool e drogas e a realização de cursos de direção defensiva. 

Linha de defesa

O destino do desembargador Washington Luiz está nas mãos do senador Renan Calheiros, hoje o político mais importante do Brasil. Como reforço, o presidente do TJ-AL contará ainda com uma mãozinha do ministro Humberto Martins, que deverá assumir a corregedoria-geral do STJ em 2016. De quebra, o desembargador tem como defensor Nabor Bulhões, um dos mais ilustres advogados do país. Logo..... 


Rio Largo

Com o prefeito Toninho Lins fora do poder, três pré-candidatos à sua sucessão ficam no estaleiro, com boas chances de dar adeus ao sonho de governar Rio Largo: Kátia Born, Lúcia Beltrão e Roberto Mendes. No novo quadro político do município, o sucessor de Toninho Lins estará entre Vânia Paiva, Marcelo Victor, Gilberto Gonçalves e Marcos Vieira. 

Em nome da toga 

O juiz Maurício Brêda é o mais novo membro do Tribunal de Justiça de Alagoas, substituindo o desembargador James Magalhães, que está afastado para tratamento de saúde.  Titular da 7ª Vara Criminal da Capital e integrante da 17ª Vara, Maurício Brêda honra a toga que veste e tem se destacado como um dos mais atuantes magistrados de Alagoas.  

Monstra do divã

A denúncia bombástica feita no jornal EXTRA contra a psicóloga Lucy Ana Moura de que é especialista em  destruir casamentos se tornou polêmica nas redes sociais. Além de ferir o código de ética profissional, a monstra do divã, como ficou conhecida, estuda bem suas vítimas antes de aplicar o golpe.

Empresa quebrada

1 - Diretores da Tropical culpam a Arsal pela falência da empresa de ônibus, que perdeu a linha Maceió-Rio Largo em que operava há anos, deixando 1.200 trabalha-dores sem emprego.   


2 – Ao descredenciar a Tropical, a Arsal garantiu que a Veleiro (sucessora da Tropical) iria contratar todos os trabalhadores da Tropical, mas esta só absorveu 12% dos desempregados.


3 – Com uma dívida de R$ 5 milhões decorrente da perda da linha que operava, a Tropical tenta sobreviver em regime de recuperação judicial.

Bate-papo

 1 Esta semana o deputado federal, Ronaldo Lessa (PDT), foi visto num café da manhã bastante animado com a vereadora Heloísa Helena (Rede). Será que entre as pautas da conversa esteve a eleição de 2016?


2 Heloísa garantiu que não concorrerá a nenhum cargo eletivo em 2016, pois seu projeto político prioritário é a consolidação da Rede. Já Ronaldo Lessa disse durante a convenção estadual do PDT que não seria candidato a prefeito de Maceió. Alguns torcem para uma parceria ser reeditada no próximo ano. Onde há fumaça...


Esportistas  

Enquanto um rachava o outro corria, assim foi o final de semana do presidente da Câmara, Kelman Vieira, e do governador Renan Filho. Além da paixão pelo esporte, os peemedebistas têm em comum o desejo que o partido de ambos seja protagonista na disputa pela Prefeitura de Maceió. 


Oposição  

“Ilusão de ótica”. Foi o que o deputado federal João Henrique Caldas (PSB), o JHC, disse sobre a vinda da presidente Dilma ao inaugurar o terceiro trecho da obra do Canal do Sertão em Alagoas. Recentemente o deputado também protagonizou mais uma polêmica ao discutir com o prefeito de Murici, Remi Calheiros. 

Na torcida

O ex-prefeito de São Luiz do Quitunde, Cícero Cavalcante (PMDB), o Ciço das Cachorras, tem feito promessas e até acendido velas para vários santos na torcida de que a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado seja uma indicação do governador. Outro anseio de Ciço é que o deputado Olavo Calheiros (PMDB) possa assumir a vaga no TC. Assim, como primeiro suplente, o ex-prefeito de São Luiz assumiria de forma definitiva uma cadeira na Casa de Tavares Bastos.


Força do litoral 

O deputado Marx Beltrão anda ampliando suas bases políticas. Há quem diga que o menino prodígio dos “Beltrão” deseja uma cadeira no Senado em 2018. O sinal amarelo já está aceso para Renan e Biu, que podem ter suas reeleições dificultadas. 


Disputa acirrada 

Falando em 2018, um cenário com Renan, Biu, Heloísa Helena, Téo Vilela e Marx Beltrão brigando por duas vagas no Senado coloraria a disputa como uma das mais concorridas da história.


Quem manda

Atualmente o presidente da Assembleia Legislativa, Luiz Dantas, encontra-se afastado das atividades parlamentares por conta de problemas de saúde. Mas mesmo com a sua presença, quem tem dado as cartas na Casa de Tavares Bastos tem sido o deputado Isnaldo Bulhões Filho. A fragilidade da bancada governista já anda preocupando alguns setores do Executivo. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia