Acompanhe nas redes sociais:

18 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 842 / 2015

14/10/2015 - 07:14:00

Meio Ambiente

Desova de tartarugas 

Milhares de turistas foram à praia de Ostional, na Costa Rica, para ver a desova das tartarugas há duas semanas. Mas a desova das tartarugas no litoral é um fenômeno extremamente delicado e qualquer intervenção no processo arruína o ciclo reprodutivo. As praias onde ocorre a desova precisam ser isoladas: sem redes de pesca, sem iluminação excessiva, sem trânsito de veículos e nem lixo. Os turistas lotaram a praia, fizeram ‘selfies’ e colocaram seus filhos para montar nos cascos, assustando as tartarugas. A maioria deu meia volta e retornou ao mar sem completar a desova.


Fezes de pandas 

Pesquisadores belgas estão examinando as fezes de pandas gigantes para tentar entender como eles conseguem digerir bambus rígidos e na esperança de encontrar pistas para desenvolver novas gerações de biocombustíveis. Os resultados do estudo podem apontar meios novos e mais baratos para produzir a segunda geração de biocombustíveis de plantas e biomassas não destinadas ao consumo.

Combustível feito de mel

O apicultor Luiz Jordans Ramalho Alves, de Vitória da Conquista (BA), desenvolveu o combustível etanol do próprio carro a partir do mel de abelha. Cerca de 50 a 100 quilos que seriam de descarte entram em fermentação por 5 a 15 dias, após isso, ocorre a primeira destilação do álcool onde o álcool alimentício é retirado e a sobra (30%) vai para a produção do álcool combustível, numa segunda destilação. A produção de combustível de mel está em 50 litros por semana e ele consegue economizar ao menos R$ 117,50 durante a semana. 


Voo movido a óleo de cozinha

A companhia aérea chinesa Hainan Airlines completou mês passado o primeiro voo comercial do país abastecido com um biocombustível feito à base de óleo de cozinha usado. O voo de Xangai para Pequim utilizou biocombustível fornecido pela companhia China National Aviation Fuel e pela gigante da energia Sinopec. O avião empregado, um Boeing 737, usou uma mistura 50% a 50% de querosene de aviação convencional e biocombustível feito de óleo de cozinha usado, coletado de restaurantes na China.


Bola de fogo no céu

Moradores de várias cidades do Paraná dizem que viram uma bola de fogo cruzar o céu do estado na semana passada. O fenômeno foi avistado entre Arapongas e Guaíra.  Em Palotina e Altônia, os bombeiros receberam vários relatos de moradores que disseram também ter visto a bola de fogo e ouviram um estrondo. Segundo eles, a bola de fogo se assemelhava a um meteoro.

Óleo de peixe

A Petrobras anunciou que vai produzir biocombustível através do óleo extraído de vísceras de peixes e que a produção vai beneficiar inicialmente 300 produtores familiares e garantir a compra de 15 toneladas de resíduos e gordura de peixe por mês. A produção será feita pela Petrobras Biocombustíveis na Usina de Quixadá, no Ceará.


Etanol + batata-doce

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) inaugurou em Palmas, no final de setembro, uma usina de etanol produzido a partir de batata-doce. O projeto, que é um convênio da universidade com a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), nasceu da pesquisa do professor Márcio Antônio da Silveira há 12 anos, e contou com investimento inicial de R$ 20 mil, feito pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A usina vai produzir até 3.000 litros de etanol diariamente e também glucose, álcool em gel e ração animal.

Cratera

Uma imensa cratera se formou numa área de camping na praia de Queensland na Austrália. O poço, de 150 metros de diâmetro e 3 metros de profundidade, engoliu um carro, uma van e barracas, mas não deixou vítimas ou desaparecidos.  A cratera é resultado de um processo de erosão, em que uma capa de rocha sob o solo é dissolvida por águas ácidas. A água fica ácida porque, quando a chuva se infiltra no solo, ela absorve o dióxido de carbono e reage com vegetação em decomposição.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia