Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 842 / 2015

14/10/2015 - 06:51:00

REPÓRTER ECONÔMICO

JAIR PIMENTEL - [email protected]

Cuidado com as promoções!

Já estamos nos aproximando do final de ano, quando tradicionalmente o comércio investe em promoções tentando vender todo o estoque preparado exatamente para essa época. Nunca compre na primeira parada, visite todas as lojas do produto que realmente quer comprar, para só depois se decidir, com a certeza de que fez uma boa economia. Qualquer dinheiro economizado é um bom negócio. Já serve para juntar e comprar outra mercadoria. Se você vem seguindo corretamente seu orçamento desde janeiro, parabéns! Vai chegar ao final do ano e fechar o balanço superavitário, ou seja, com  lucro, que é a reserva financeira mensal que fez numa caderneta de poupança ou fundo de renda fixa. O importante é saber viver de acordo com o que ganha, sem comprar por impulso, pagar as contas em dia e mais ainda não utilizar o cartão de crédito parcelado. Fique de olhoAo fazer suas compras e se dirigir ao caixa para o pagamento, atente sempre para o visor e o preço da etiqueta. Se constatar que foi registrado um valor maior do que o que você realmente constatou, proteste e exija o preço que se encontra no produto. Também leve uma lista de compras e só compre mesmo o que foi anotado, jamais comprando por impulso, mesmo sendo promoção. 


Presentes

O Dia da Criança será comemorado na segunda-feira, feriado nacional em louvor à padroeira Nossa Senhora de Aparecida. É tradição comprar presentes. O comércio investe muito nesse dia, oferecendo uma grande variedade de brinquedos e preços dos mais diversos. Aproveite o feriadão e vá às compras, mas comprando à vista. Nada de cartão de crédito parcelado. 


Os juros

O Sistema Financeiro da Habitação vem aumentando recentemente os juros cobrados no financiamento para aquisição da casa própria, além de emprestar apenas a metade do valor da venda. Mais dificuldade para a classe média, que ainda enfrenta os juros de empréstimos diversos. Dica: compre um terreno e vá construíndo a casa de seus sonhos lentamente, do jeito que você quer sem necessidade de se endividar durante 30 anos. 


Dólar

É o melhor investimento do ano. E vale para quem não quer pagar impostos no mercado financeiro. Mais: não tem retorno. E só se valoriza cada vez mais diante do real. Você fica com o dinheiro em casa e ele vai rendendo diariamente. A caderneta de poupança, que é isenta de imposto, rende cerca de meio ponto percentual ao mês. Pense nisso!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia