Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 842 / 2015

14/10/2015 - 06:37:00

Sururu

O poder de Renan

Da redação

Ao rejeitar as contas de 2014 do governo, o TCU abriu caminho para instalação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.  Mas até lá a caminhada é longa e tudo pode acontecer, até mesmo nada. No comando do barco estará o senador Renan Calheiros, que pode engavetar ou adiar a apreciação das contas por tempo indefinido.Até lá, salve-se quem puder.

Esperteza

O presidente da Câmara Municipal de Marechal Deodoro, vereador Abelardo Leopoldino, corre o risco perder o mandado por ter transferido seu domicílio eleitoral para Coqueiro Seco.Diz o dito popular que quando a esperteza é grande demais pode comer o esperto.Se a moda pega...

 
Infidelidade

 Outro político que também pode ser cassado é o ex-prefeito Cícero Almeida,  que abandonou o PRTB, partido pelo qual se elegeu deputado federal na última eleição.   Agora, o partido quer o mandato de volta, e se for cassado, Almeida estará impedido de disputar a prefeitura de Maceió.


Perdido em Brasília

Desde que chegou à Câmara Federal, Cícero Almeida tem sido um deputado zero à esquerda. Nunca apresentou um projeto sequer, nem fez qualquer pronunciamento. Ele só pensa em voltar à Prefeitura de Maceió. Anda mais perdido que cachorro que caiu da mudança.

Cabeça de caranguejo  

Alagoas perdeu a chance de ter um segundo ministro no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Seu nome: Paulo Roberto de Oliveira Lima, ministro do TRF5, que desistiu da disputa ao saber que seria vetado pelo ministro do STJ Humberto Martins, também alagoano. O presidente do STJ, Francisco Falcão, lamentou o fato e ainda alfinetou Martins ao classificar Paulo Roberto de Oliveira Lima como “jurista consagrado e alagoano de boa cepa”. É por esta e outras que se diz que os alagoanos agem como caranguejos: quando um vai subir o outro puxa para baixo.  Não raro, os dois acabam na lama. 


Dono dos votos

Em Santana do Ipanema a disputa pela prefeitura deverá ocorrer entre Isnaldo Bulhões (pai), Marcos Ferreira, Édson Magalhães e o atual prefeito Mário Silva, que vai tentar a reeleição. Mas nenhum deles tem a força política do Dr. Gustavo (Gustavo Pontes de Miranda), conceituado médico ortopedista adorado não apenas na cidade, mas por toda a comunidade sertaneja.  Mesmo afastado da política partidária, o apoio do Dr. Gsutavo será decisivo para qualquer dos candidatos em disputa. 

Violência O

Fórum Nacional de Segurança Pública apresentou mais um relatório da violência no Brasil. O que não é novidade: Alagoas lidera o ranking da tragédia. O mapa da violência revela que a cada grupo de 100 mil habitantes 66 pessoas são executadas. 


Novo point   

O histórico bairro de Jaraguá ganhou nessa sexta-feira um novo ponto de encontro na noite maceioense. Chama-se Rex Bar,  com música ao vivo à base de jazz e blues, sem esquecer a boa e velha MPB. No comando do negócio está o  experiente Lipo.    

Família unida  

Em Rio Largo, o prefeito Toninho Lins não pode disputar a reeleição, mas vai tentar emplacar a esposa, Isabele Lins, na Prefeitura de Messias. Ele ainda pretende eleger o filho, Toninho Lins Filho, vereador por Satuba. Já a cadeira de Toninho será disputada por 8 candidatos: Marcelo Victor, Gilberto Gonçalves, Marcos Vieira, Pedro Vitor, Vânia Paiva, Dra. Elisa, Kátia Born e Dra. Fátima.  


Fora do PT 

A eterna candidata Patrícia Sampaio – que não dá um dia de serviço no TC – deixou o Partido dos Trabalhadores e foi para o PDT de Ronaldo Lessa. O ex-governador abriga mais uma Taturana na sigla que comanda.  

Novela 

O afastamento do prefeito de São Luiz do Quitunde, Eraldo Pedro, virou uma novela. Os desembargadores pediram vistas inúmeras vezes e a população já anda descrente com a Justiça alagoana. O placar até aqui está 6x2 pelo afastamento. A burocracia vem tornando a vida dos moradores um verdadeiro inferno: faltam medicamentos, médicos e salários em dia e a cidade está suja e esburacada. A lista de aberrações não para de crescer.  


No páreo 

1 O deputado Cícero Almeida migrou para o PSD de Marx Beltrão. O ex-prefeito deixou o PRTB botando fogo pelas ventas e disse que não abre mão de ser candidato a prefeito de Maceió. O PRTB, por sua vez, disse, através do seu presidente nacional, Levy Fidelix, que em 90 dias a cadeira de deputado federal de Almeida será do PRTB. A história promete desdobramentos. 


2 Quem também está de olho na disputa da Prefeitura de Maceió em 2016 é o deputado federal João Henrique Caldas (Solidariedade). JHC foi o parlamentar mais votado do último pleito. O PSB parece que se animou com o nome de JHC e promete colocar nomes à disposição para uma possí-vel composição. O comunicador GG Sampaio que deixou o PMDB e foi para o PSB pode fazer dupla com JHC.


Eleição na OAB

A advogada Fernanda Marinela sai na frente e formaliza sua candidatura à presidência da OAB-AL tendo como vice Ednaldo Maiorano. Pela oposição, o nome mais forte é do advogado Fernando Falcão. As inscrições vão até o dia 19 deste mês. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia