Acompanhe nas redes sociais:

13 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 841 / 2015

07/10/2015 - 17:24:00

S.O.S. Alagoas

Cunha Pinto

Que seja para todos

O descontrole do governo federal com o dinheiro do contribuinte foi retratado recentemente em  área dos marajás propondo aumento de 78% nos salários, afora as mordomias habituais. Mas desta vez rejeitado ante a repercussão e por ferir o principio de direitos iguais para todos.

Pagando a conta

Governantes, do mesmo modo, tiveram “cara de pau” para defender a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) e argumento difícil de ser entendido: cobrir déficits públicos não explicitados.  Alagoas teria uma arrecadação extra em torno de R$ 1,5 bilhão. 


Festival do Teatro

Maceió compõe na agenda de grupos teatrais nacional e internacional  que participam do Festival Internacional  de Teatro de Objeto (Fito) e espetáculos foram exibidos na  sexta-feira-25.  Mais Informações no link  http:www.fitofestival.com.br/festival.B.


Prevenção

A coordenação do grupo de Alerta e Preparação da Comunidade para Emergências Locais (APELL), criada pela Braskem, e que tem como rotina ações preventivas para conscientizar a comunidade em áreas de risco sobre segurança e medidas de proteção a  serem tomadas em caso de emergências, deve definir em breve a data de nova simulação.  Trabalho de conscientização ocorre no Trapiche da Barra. 


Programação anual

De Augusto Dantas, engenheiro químico e consultor do programa: “Ação é anual e necessária para preparar a comunidade. É  pautada por temas que envolvem saúde, segurança e o meio ambiente.” Segundo assessoria, após cada simulação são realizadas ações  sociais e recreativas. A simulação que aconteceria dia 25 passado foi adiada em virtude do trágico acidente que matou quatro militares em Maceió.

Audiência pública

Em Maceió vereadores realizaram na sexta-feira da semana passada uma audiência pública e o tema teve a ver as dificuldades que deficientes físicos e idosos têm paras caminhar nas ruas. Participaram representantes do  Procon,  Secretaria da Mulher, Direitos Humanos e entidades  interessadas. 


Queixas mais comuns

Pauta na audiência pública da Câmara foi sobre as poucas vagas em ônibus para cadeirantes, o desrespeito na ocupação dos espaços reservados para eles nos estacionamentos e falta de rampas nas escolas e calçadas.  Mas por serem queixas antigas não é estranho o alheamento da Prefeitura? 

Corte de gastos

Renan Calheiros (PMDB), presidente do Senado, entende que o governo Dilma tente sair do imobilismo, mas se preocupa de as propostas a serem tomadas para corte de gastos, valores significativos, não deem certo e a conta, como sempre, seja transferida para o contribuinte. 


Hora da revoada?

Nas eleições no próximo ano, para prefeito e vereador, como vão estar ligadas às majoritárias de 2018, não surpreenderá a participação direta de políticos com mandatos estadual e federal. É hábito enraizado na vida pública também antecipar o plantio para colher frutos depois.  
Dilma, o problema?

Conversas, inclusive com políticos petistas, deixam notória a insatisfação com Dilma Rousseff, e dentre as preocupações aparece o temor de que a perda de confiança nela seja estendida para o partido. E, paralelo, Lula começando a ser citado na mídia como suspeito da prática de corrupção.  


Desiludido

Paulo Paim, senador pelo PT, é um dos que não escondem o desânimo com o momento do partido. Palavras dele: “Só fico no PT se ele mudar”. Afirmação foi em entrevista à revista IstoÉ, edição do dia 16 último. Não esconde a desilusão e promete que até o fim do ano toma uma decisão. 


Da exceção

Mas fazer o quê? A interrogação é de cidadãos ante o descontrole administrativo do governo federal e, em paralelo, diante do custo de vida sangrando o bolso do trabalhador; dor no bolso cada vez mais forte, diga-se de passagem.  Algumas propostas já estão anunciadas e os combustíveis na linha de frente.       

Expobatalha

Exposição Agropecuária de Batalha (Expobatalha), realizada na semana passada, teve recorde de expositores dos municípios da Bacia Leiteira, vizinhança e estados vizinhos.  A Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) definiu o evento numa palavra: sucesso.


Palma

Pontos altos da exposição, na análise dos organizadores da feira: equipamentos,  implementos agrícolas e o Seminário Alagoano de Cultura da Palma Forrageira com exposição das novas formas de manejo e propostas para incrementar a produção da palma na alimentação do gado.

 
Dor no bolso

Reajustes em cadeia anunciados pelo governo pontuam oficialização no setor energético em percentuais pesados. Além, óbvio, de transferir a dor no bolso para setores produtivos do País. É uma bola de neve que alcança setores do comércio e começa a aparecer nos supermercados.

 
Solenidade especial

A sessão da Câmara Municipal de Maceió na segunda-feira, 28  foi solene. Teve a entrega do título de cidadão maceioense ao deputado federal Carlos Andrade ( (PHS- Roraima) e a  comenda  Vereador Otacílio Holanda  à vereadora Aurélia  Costa, da Barra de Santo Antônio.   

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia