Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 841 / 2015

07/10/2015 - 17:21:00

Meio Ambiente

Belo Monte

O consórcio Norte Energia, que constrói a hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, informou que atenderá nesta semana as 12 condicionantes requisitadas pelo Ibama. Em processo para o início da geração de energia pela usina, a empresa disse ainda que a concessão da Licença de Operação (LO) para o início do enchimento do reservatório da hidrelétrica não foi negada pelo órgão licenciador, ao contrário de notícias publicadas pela mídia. 


Desalojados

As obras dos reservatórios da Usina Hidrelétrica Belo Monte, já deslocaram ao menos 203 mil animais silvestres de seus habitats de origem. O dado é da Norte Energia, responsável pelo afugentamento e reinserção dos animais em áreas de preservação ambiental. Cerca de 190 mil teriam voltado ao meio ambiente e os animais que não apresentaram condições de serem reinseridos no ambiente, por estarem machucados, foram encaminhados para instituições como centros públicos de biologia, museus e zoológicos.

Águas quentes

Uma equipe de oceanógrafos conseguiu evidências de que turbulências no oceano Ártico, provocadas pelo vento, estariam trazendo mais calor das profundezas do mar para a superfície. Segundo os pesquisadores, o derretimento das geleiras expõe mais água ao vento e a turbulência acaba fechando um círculo vicioso de calor, acelerando ainda mais esse derretimento. 


Grande santuário marinho 

A Nova Zelândia anunciou na terça-feira (29), a criação de um gigantesco santuário marinho de mais de 620 mil km², onde estarão proibidas a pesca e a mineração. O santuário das Kermadec compreenderá uma zona de superfície quase equivalente à França, a cerca de mil quilômetros a nordeste da Nova Zelândia. A decisão foi saudada pelas associações de defesa do meio ambiente, que destacaram que os santuários marinhos do Pacífico representam agora mais de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. O novo santuário é um refúgio para milhares de espécies, incluindo baleias, golfinhos, tartarugas e aves marinhas.

Água líquida em Marte

Marcas escuras e estreitas foram registradas pela sonda MRO em Marte, e cientistas da Nasa acreditam que os leitos provam que existe água líquida e corrente no planeta. Os primeiros vestígios de vida na Terra datam de 3,5 bilhões de anos atrás e os microrganismos primitivos teriam surgido dentro do mar, por isso, ter encontrado água em estado líquido em solo marciano é um forte indício de que pode sim haver vida no planeta vermelho. A busca por vida fora da Terra se baseia ainda muito em como a vida surgiu por aqui.

Eclipse total e superlua

Os brasileiros puderam presenciar no domingo (27), à noite, um eclipse lunar total e também uma superlua. O satélite natural da Terra ficou mais próximo durante toda a noite, fazendo com que tenha um tamanho maior. Durante boa parte desse período, foi possível perceber também, a sombra da Terra impedindo a iluminação da lua, coincidência que só ocorre uma vez a cada 30 anos.


Redução drástica em vazão

A vazão da barragem da usina hidrelétrica de Santa Cecília, em Barra do Piraí (RJ), teve a mais drástica redução da história. Passou a liberar 110 m³/s desde semana passada. Antes da crise hídrica, esse volume era de 190 m³/s. O reservatório do Paraibuna, o maior do Rio Paraíba do Sul, está em 1,7% da sua capacidade. O Comitê de Integração (Ceivap) previa reduzir a vazão de Santa Cecília até outubro, como forma de prevenir o abastecimento, mas a medida precisou ser tomada antes. Parte da água liberada por esta barragem é captada pelo sistema Guandu, rio artificial que garante o abastecimento de 9 milhões de pessoas.


Plano de contingência

O Programa Mundial de Alimentos (PMA) estuda um plano de contingência para a América Latina, para minimizar os efeitos que o fenômeno do El Niño pode causar tanto para a produção como na alta dos preços da cesta básica. Esse fenômeno pode causar uma série de efeitos no continente americano que vão desde fortes secas, causadas pelo aumento das temperaturas e pela escassez de precipitações, até inundações.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia