Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 838 / 2015

16/09/2015 - 21:09:00

Filho de desembargador pode estar envolvido em acidente que matou advogado

André Lessa saiu embriagado de barzinho na parte alta de Maceió

Da redação

Operação abafa. É isso que estaria acontecendo em relação a um acidente automobilístico ocorrido na semana passada. O motivo seria porque André Lessa, filho do desembargador João Luiz Azevedo Lessa, estaria envolvido no acidente que vitimou de forma fatal o advogado Ítalo Peterson Vilela de Freitas, 31 anos, e deixou gravemente ferido seus irmãos Ivisson  Vilela de Freitas, Perliesus Vilela de Freitas e sua cunhada Patrícia (esposa de Ivisson).

Outro acontecimento que leva a crer no “desinteresse da investigação” é que até  hoje, uma semana após o acidente, nem Boletim de Ocorrência foi lavrado, mesmo tendo uma vítima fatal.  O caso seria investigado pelo delegado Carlos Lessa, mas, devido ao seu grau de parentesco com o suposto envolvido, o crime de trânsito será investigado pelo delegado Ronilson Medeiro, chefe da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). 

O EXTRA apurou que a família das vítimas está de posse de imagens de André Lessa embriagado no Tanque Cheio – barzinho na parte alta de Maceió –, onde o dono do veículo Peugeot, Acácio Oliveira Lima e mais uma pessoa não identificada  entraram no automóvel e minutos depois o acidente veio a acontecer, colidindo com um Fiat Uno.  O irmão e cunhado das vítimas, Perlyvisson Vilela de Freitas, contou que aguarda a apuração das investigações para saber quem vinha dirigindo o veículo. 

Perlyvisson adiantou que esteve reunido com o secretário de Segurança Pública,  Alfredo Gaspar de Mendonça, e pediu apuração do caso com a isenção necessária. O irmão das vítimas ainda solicitou ao secretário que seja realizada uma perícia criminal no local para que os culpados sejam responsabilizados pela morte de Ítalo Peterson Vilela de Freitas.

Estado de saúde

O oficial de Justiça Ivisson  Vilela de Freitas teve as duas pernas fraturadas, os joelhos dilacerados, ombros, omoplatas e constelas fraturados. O oficial está no Hospital Geral do Estado, e sua situação é estável, assim como a de Patrícia, outra vítima do acidente.  Perliesus Vilela de Freitas teve uma fratura no rosto e perdeu vários dentes devido ao impacto. 

Paz no trânsito

A família do advogado Ítalo Peterson Vilela de Freitas realizou, nesta quinta-feira, 10, uma passeata em frente à loja de automóveis Auto Vanessa, no local que ocorreu o acidente. Perlyvisson Vilela disse que a hora é de conscientização: “Quem bebe não pode dirigir; é uma irresponsabilidade criminosa a atitude que ceifou a vida de meu irmão”. 

 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia