Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 833 / 2015

12/08/2015 - 18:40:00

S.O.S. ALAGOAS

Cunha Pinto

Suicídio de policiais

Foi discutido no 9º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no Rio, o suicídio de policiais militares, civis e federais. O trabalho foi apresentado por Patrícia Constantino, do Centro Latino-Americano de Estudos da Violência e Saúde, da Fundação Getúlio Vargas. 

Será mesmo?!

O PMDB, em 2018, deve sair da sombra do PT e lançar candidato a presidente da República. A questão, inclusive, já avança nas conversas do dia a dia. Não haverá surpresa caso isso seja decidido pelo partido já neste semestre. O nome provável do candidato é o de Michel Temer.


Ponto de vista

Apesar de distantes, as eleições de 2018 já direcionam holofotes para Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Cada vez mais, os dois estão ganhando espaço na mídia mesmo sem se apresentarem como candidatos para presidente. O motivo? Falta de novas lideranças.    


Paralisia da economia

Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, não vê culpa no Congresso Nacional, pelo que define como “paralisia da economia”, a recessão, os juros elevados e a queda da arrecadação pela situação de descontrole. Acha que na Câmara todas as propostas do ajuste fiscal “foram aprovadas de forma célere”. 


Dor no bolso

O alagoano deve se habituar a economizar. O motivo tem a ver com o consumo de energia, com cobrança extra de R$ 5,50 por quilowatt gasto. O consumidor, para evitar mais dor no bolso, deve também ficar atento ao vermelho que já aparece no recibo da conta de luz.  


Para lembrar

“De onde se tira e não repõe acaba forçando o orçamento”. A advertência é outra que tem a ver com o quadro que o trabalhador enfrenta, bem como o resultado exposto nos custos das contas públicas. Dados levantados constatam que o semestre passado foi o pior dos últimos 14 anos.


E mais atenção!

Já vigora, em Maceió, a lei que determina multa, conside-rada “gravíssima,” para motorista flagrado na insistência de trafegar pela faixa determinada como exclusiva para ônibus. Mas a dúvida que existe é se essa determinação é extensiva aos táxis, transportando ou não passageiro.

Comentário

“O conflito em torno da eleição de 2018 está instalado no PSDB e pode endurecer caso José Serra entre na disputa da eleição presidencial”. A informação foi divulgada na mídia nacional no dia 24 de junho. Mas, como dizem os líderes de partidos em Alagoas, “a questão é que só o futuro tem a resposta”.  


Notícias de Maceió

Um jovem foi baleado em um assalto na Avenida Gustavo Paiva, no bairro Cruz das Almas, na manhã da última segunda-feira. A notícia, divulgada no mesmo dia como manchete  em  sites, foi vista como normal entre os leitores. A maioria das manchetes é da área policial. Mas o que fazem os governantes para evitá-las?


Da expectativa

Findo o recesso parlamentar, a expectativa agora é para Brasília. Na pauta, a reabertura dos debates por uma definição sobre sim ou não da aprovação da proposta que trata da reforma na polícia. Mas o interesse súbito para vigorar ainda este ano tem a ver com 2018? 


Eleições municipais

Em Alagoas, é só aparentemente ou estão acontecendo, de fato, nos bastidores entendimentos voltados para as eleições municipais de 2016 e as preparatórias para as de 2018? São algo em torno de 52 partidos regularizados; a maioria deles voltada a apoiar lideranças em Brasília.


Beber na fonte

A SMTT atua bem na fiscalização em Maceió, mas deve dar atenção a um vício já comum dos motoristas: além de deixar veículos nas calçadas, eles não respeitam a distância exigida em cruzamentos (3 metros, no mínimo) e a sinalização no todo. O risco de ocorrer um acidente é iminente. Por isso é preciso aplicar multa severas nos infratores.Merece atenção Alagoanos também não dão, ainda, atenção à necessidade de corrigir hábitos de desperdício no uso de benesses vindas da natureza. Alguns desses exemplos são o desperdício de água e o desmatamento. A advertência tem a ver com dificuldades como as que ocorrem em regiões do Centro-Sul e que começam a ser sentidas no Nordeste, inclusive em Alagoas.


Sessões reativadas

Encerrado o recesso parlamentar, na terça-feira deputados voltaram às suas atividades. Dentre os temas a serem discutidos, o que se destacou foi o emplacamento de moto de cinquenta cilindradas (famosas cinquentinhas), bem como a habilitação dos condutores. A questão foi levantada pelo deputado Tarcizo Freire (PSD).


No Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), definiu na sessão da terça-feira (4) a reabertura dos trabalhos no plenário. Na pauta, com prioridade para votação neste semestre, os projetos do pacto federativo, da reforma política e o que atualiza o Código de Defesa do Consumidor. O atual vigora desde 1990.  

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia