Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 832 / 2015

05/08/2015 - 19:20:00

Cícero Cavalcante assume vaga de Dudu Hollanda

Deputado foi levado de forma compulsória para uma clínica quando estava de saída de um restaurante em Maceió

Da Redação

Um enredo de polêmicas, regado a álcool, desavenças, provações e destempero levou o deputado Dudu Hollanda (PSD) à internação compulsória numa clínica de tratamento de dependentes químicos fora do Estado. Há muito tempo a família vinha aconselhando o parlamentar a “diminuir as farras e colocar a cabeça no lugar”, pois em um curto espaço de tempo seu nome foi envolvido em uma série de acontecimentos que mancharam sua imagem perante a opinião pública.

A mais recente enrascada de Dudu foi a tentativa de homicídio que ele sofreu essa semana. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que ainda não se posicionou de forma oficial sobre o caso. Para os mais próximos a Dudu, essa teria sido a gota d’água para que sua internação fosse realizada.  

Após a trama para executá-lo, Dudu esteve na noite da última terça-feira, 28/07, num restaurante na orla de Maceió. E, no momento da sua saída, o parlamentar foi levado por uma equipe médica para sua internação compulsória. O deputado foi internado numa clínica, não explicitada, e deve ficar pelo menos 90 dias afastado das atividades políticas. 

Por meio de sua assessoria de comunicação, Dudu explicou outros motivos para seu afastamento: “O estresse e complicações decorrentes das cirurgias bariátricas a que foi submetido vinham alterando seu metabolismo e seu comportamento”. 

Na mesma nota foi colocado: “O parlamentar ingressará com o pedido de afastamento, junto à Assembleia Legislativa, nos próximos dias, assim que tiver um posicionamento dos médicos acerca do período no qual precisará ficar afastado. Neste período, o deputado estará ausente das redes sociais e, por isso, pede a compreensão de todos os seus seguidores. Confiante em Deus, Dudu solicita, ainda, o apoio e orações dos amigos e eleitores para vencer mais este desafio”. 

Novo deputado 

Com o afastamento temporário do deputado Dudu Hollanda, o primeiro suplente, Cícero Cavalcante (PMDB), assume a cadeira. O ex-prefeito de São Luís do Quitunde concorreu à vaga de deputado no lugar de sua filha, a ex-deputada Flávia Cavalcante. Cícero vinha tentando articular uma vaga na Casa de Tavares Bastos devido sua boa relação com o governador Renan Filho (PMDB). A esperança de Cavalcante era que algum deputado da sua coligação fosse convocado para assumir alguma secretaria, mas a ida de Dudu para clínica antecipou os planos do ex-prefeito. 

Vale lembrar que Cícero Cavalcante responde a inúmeros processos de improbidade administrativa. A sobrevida política de Cavalcante está intimamente ligada a sua permanência na Casa de Tavares Bastos. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia