Acompanhe nas redes sociais:

24 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 831 / 2015

29/07/2015 - 10:43:00

POR DENTRO DO ESPORTE

João de deus [email protected]

Xô, azar!

O CRB, neste sábado, às 16 horas, no Rei Pelé, enfrenta o Paysandu (Pará), jogo da 14ª rodada da Série B. O Galo entra naquela do ter que vencer, pois até com empate corre risco de cair na área do rebaixamento. Na classificação é o 16ª e vem em queda desde a 10ª rodada.

Má vontade?

É triste, mas é fato. O Galo vem sendo presa fácil para os adversários, e torcedores começam a se preocupar com o futuro do time na Série B. É um daqueles momentos que nada dá certo. Contra o Vitória, em Salvador, a derrota (3x1), placar feito no primeiro tempo, foi má sorte? Outra razão foi a precipitação dos atacantes nas finalizações?


Placar fácil

Do argentino Escudero, do Bahia, mas adversário do Vasco: “Queda no rendimento do time no segundo tempo não foi bom, mas podemos considerar natural diante do placar fácil, feito no primeiro tempo. O que importa é o resultado”.


Classificação

Até a rodada do fim da semana anterior, a classificação dos 10 primeiros na Série B e com validade até este sábado é:  Botafogo (1º), Vitória (2º), América-MG (3º), Bahia (4º), Náutico (5º), Paysandu (6º), Sampaio Corrêa (7º), Macaé (8º), Santa Cruz (9º) e Criciúma (10º).


Arbitragens

Com os árbitros atuando com rigor, o futebol se apresenta para o torcedor como um espetáculo em que vale a pena estar no estádio e transmite otimismo de o Brasil voltar aos tempos do “futebol alegria do povo”. E que a volta por cima ocorra já nas Olímpiadas.

Comentário

Em Goiânia, clássico do fim da semana, o placar, empate sem gols, foi natural, e a razão foi o time da casa ter pegado o Corinthians. No extracampo, estatísticas revelam que nos últimos 10 anos, os confrontos entre os dois times não tiveram vencedor.


Ponto de vista

Torcedores do Fluminense, mas moradores em Maceió, consideram o goleiro Diego Cavalieri uma das estrelas do time. Comentário tem como sustentação na análise de o time estar mais defensivo para surpreender o adversário no contra-ataque e ele ser uma muralha.


Sub-17 e sub-20

Calendário do campeonato alagoano de futebol, categorias sub-17 e sub-15, já tem os seus jogos definidos, e a primeira rodada acontece dia 5 de setembro. Os clubes vão ter até 30 de agosto para confirmar o mando de campo das partidas nas suas cidades.


Propostas

Outras metas anunciadas na FAF: “Nosso pensamento é tornar o futebol amador mais profissional, viabilizando as competições e diminuindo o custo dos clubes e da federação. Essa é a saída”. A informação foi de Daniel Paes.


Alagoano sub-20

Mais informações da FAF: Real Deodorense é o campeão alagoano Sub-20 deste ano. Decisão do título foi com o Internacional Alagoano, jogo no Cleto Marques Luz. Placar: 1x0, gol do lateral-esquerdo Zé Migué. Felipe Feijó, presidente da FAF, esteve na decisão. 

Semifinalista

O time de Hugby do ASA está nas semifinais do torneio Nordeste da modalidade e à espera do adversário para tentar chegar à final dos jogos. O Hugdy é prática esportiva nova em Arapiraca, mas já atrai bom público para os jogos na cidade. 


É o cara

Na eleição do CSA nesta sexta-feira, para nova diretoria, não tem mais o que comentar: o cara que assume a presidência é Rafael Tenório, cabeça da única chapa registrada. Controvérsia é parte do momento, mas é só “tempestade em copo d´água”.


Finalizando

Marcos Barbosa, presidente do CRB, não vê ainda motivo para desespero. E dá recado paras os regatianos: “Quero que a torcida tenha esta mesma confiança no Clube de Regatas Brasil. Vamos realizar promoções durante a semana, e espero que a torcida compareça ao Rei Pelé, apoiando a equipe. Tenho 100% de confiança na minha equipe”.

Jogadores de peso

Tite, técnico do Corinthians, aceitou Gabriel Vasconcelos subindo das bases para o time profissional, mas insiste junto à diretoria na contratação de reforços experientes. Acha que o time precisa ser mais forte para disputar o título do Brasileiro, Série A.

Futebol das bases

De Felipe Feijó, presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF) e aval do vice-presidente Amador, Daniel Paes: “Ideia é que, como o Sub-20, também as categorias Sub-17 e Sub-15 sejam contempladas em competições nacionais. Uma delas, a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro”.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia