Acompanhe nas redes sociais:

25 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 830 / 2015

22/07/2015 - 18:16:00

Ginasta alagoana é vice-campeã em torneio internacional

Júlia Beatriz Camerino disputou torneio na Bulgária com atletas de 10 países e conquistou três medalhas

Maria Salésia [email protected]

A ginasta rítmica Júlia Beatriz Camerino Miranda Santos tem apenas 12 anos, mas um currículo de causar admiração a qualquer atleta da categoria. Recentemente, Júlia participou do campeonato internacional- Olympia CUP- na Bulgária- e conquistou a segunda colocação na classificação geral.

Ela ficou ainda com prata nos aparelhos bola e arco. Júlia competiu com atletas do Brasil, Bulgária, Áustria, Azerbaijão, Bósnia, Canadá, Grécia, Itália, Maldivas, Rússia e Estados Unidos.Atleta com gabarito internacional, Júlia disse que de princípio não acreditava que chegaria tão alto ao pódio, mas que tinha se preparado o bastante para fazer bonito na competição. “Gostei muito do resultado.

Foi uma oportunidade única participar de um evento internacional e ainda sair vitoriosa”, comemorou a ginasta que se prepara para o campeonato nacional e promete trazer medalhas.Na estadia pela Europa, a ginasta treinou 10 dias em Sófia antes de embarcar para Burgas, onde a competição foi realizada. Sempre ao lado da técnica Isabela Menezes, à qual Júlia agradece pela dedicação e disse que a temporada fora do país foi um grande aprendizado.

A mãe da ginasta, Carlinda Camerino, é só orgulho por mais uma conquista da filha. Segundo ela, o resultado foi surpreendente, pois a meta era que Júlia adquirisse mais experiência por se tratar de um país que tem tradição na ginástica rítmica. “A Bulgária é uma referência para qualquer ginasta. Embora o resultado da Júlia tenha nos causado surpresa, é muito bom saber que cada dia ela cresce mais no esporte que escolheu e ama praticar”, comemorou Carlinda ao acrescentar que na véspera da competição ligou para Júlia que disse que embora não se sentisse preparada iria conseguir uma medalha para a mãe. “Ela cumpriu a promessa e trouxe três”, completou a fã número 1 da campeã.

Com apenas três anos de carreira, a estudante do 8º ano do Ensino Fundamental já conquistou alguns títulos e medalhas, tudo fruto do esforço, disciplina e dedicação pelo esporte. Além da conquista internacional, Júlia traz na bagagem quatro medalhas de ouros e uma de prata em campeonatos regionais; três ouros em campeonatos estaduais; três bronzes na Copa Marista Internacional; sete ouros e uma prata em jogos litorâneos.

Em 2014 foi finalista do Campeonato Brasileiro de Ginástica Rítmica.O sonho de Júlia é integrar a Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica. Enquanto espera a oportunidade, a ginasta participa dia 1º de agosto do campeonato alagoano e se for selecionada vai competir em Fortaleza. Independente de resultados, dia 4 de agosto viaja para São Caetano do Sul, no ABC paulista, onde disputa o Campeonato Brasileiro. “Ano passado ela foi finalista nesta competição e agora esperamos bom resultado”, afirmou Carlinda.


Estrela internacional

A alagoana Júlia Beatriz Camerino Miranda Santos nasceu em Maceió. Filha de Carlinda Camerino e Jorge Henrique tem dois irmãos: José Henrique e Bruna Caroline. Sorridente e jeito de menina faceira, Júlia dedica-se intensamente aos treinos e cada vez mais agrada aos olhos do público nas competições. Desde pequena a agora atleta internacional se destacava por sua desenvoltura e mania de virar “estrela” na rua. Na verdade, não demorou para que aquela brincadeira se tornasse séria e desse um novo rumo à vida da garota. De estrela de rua ela passou a ser estrela nas competições pelo mundo afora. No ritmo em que vai, com certeza será mais um astro na constelação de ginastas profissionais. A torcida pelo sucesso da ginasta é grande. Talento ela tem de sobra. Brilha alto, Júlia.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia