Acompanhe nas redes sociais:

23 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 830 / 2015

22/07/2015 - 11:06:00

O trem de alegria da ALE

Alari Romariz Torres Aposentada da Assembleia Legislativa.

O poder de inventar mágicas das Mesas Diretoras da Assembleia Legislativa Estadual é interminável ou infinito mesmo.O Fernandinho, hoje respeitadíssimo Conselheiro do Tribunal de Contas, deixou a ALE de calças curtas. A ideia mais genial do moço foi antecipar a eleição da Mesa várias vezes. Temia a data estabelecida em lei, puxava os cordõezinhos e se elegia de novo.

Era até engraçado!Depois inventou outra maneira de encurtar os prazos: o dinheiro da Assembleia era depositado na Caixa Econômica que, nunca entendi por qual motivo, antecipava a renovação do contrato, a ALE pagava multa e ainda sobrava dinheiro.Criou um subteto ilegal: desrespeitando a Constituição, estabeleceu que o teto para os salários dos servidores não seria o vencimento do Deputado e sim o do Diretor Geral.  A Justiça já disse várias vezes, em diversos processos, que estava errado, mas continua vigorando a ilegalidade.

Aí, o Fernandinho saiu bem rápido, de um dia para o outro, antes que ocorressem novas ações na Justiça.Veio uma nova Mesa, composta por velhas figuras da política alagoana. Pior não poderia ficar. Logo, no início, uma boa briga: o 1º Secretário renunciou e as notícias eram degradantes. Só que hoje o moço já voltou para o seio aconchegante dos companheiros: tornou-se relator do trem da alegria.

Enquanto os membros da Mesa diziam às entidades que o dinheiro estava curto, os colegas do Fernandinho deixaram muitas dívidas, denúncias de 200 comissionados na folha de pagamento, nomeavam, eles próprios, os integrantes da nova Mesa, mais de 500 assessores com salários dobrados. Grande incoerência.Aí, veio outra bomba: o mês de dezembro de 2014 seria pago em 14 vezes, sem juros, sem correção.

Fiquei impressionada coma criatividade dos Srs. Deputados. Nunca vi nada igual!Hoje, julho de 2015, nunca foi pago o terço de férias a ninguém. Os processos com tais pedidos vão para duas estantes na 1ª Secretaria.Os servidores têm direito a 15% de reajuste, aprovados para serem pagos em janeiro de 2015.

Até hoje nada foi cumprido, mas a Mesa Diretora contratou uma auditoria da Fundação Getúlio Vargas, pagando um milhão e meio de reais pelos serviços do grupo. É necessário saber se houve licitação e se a verba consta no orçamento de 2015.Seria matéria para estudo de técnicos especializados as contradições impostas pelos novos dirigentes da ALE: dinheiro para servidor ativo e inativo não existe. Para dobrar salários de comissionados, contratar auditorias, existe. Não há lei que regule as medidas ilegais tomadas pela nova Mesa Diretora.

Foi dado um aviso, através da imprensa, pelo 1º Secretário: enquanto a auditoria durar não haverá medidas administrativas. Mas, aqui e acolá, nós ficamos sabendo das novas armações: o processo de fulano de tal foi assinado e vai ser implantado; o beltrano, que trabalha para a Mesa, foi promovido.

E a auditoria continua...Mas, se um simples mortal procurar um processo, recebe respostas do tipo: seu processo está na 1ª Secretaria. Só com ele, o 1º Secretário.Eu estou contando a vocês as artes do Fernandinho, que deixou a ALE em maus lençóis, mas já existem novas artimanhas: os dirigentes que querem deixar o Legislativo transparente, acabaram de aprovar um novo trem de alegria, que cria novos cargos e gera despesas no orçamento para dois anos consecutivos.

Ninguém sabe o valor dos novos cargos.Já se fala em antecipar a reeleição da atual Mesa Diretora. Há notícias de autorização de 600 mil reais para passagens aéreas e viagens. Tudo isso é dinheiro público que só não existe para servidores ativos e inativos.E assim nós vivemos numa Casa onde só há dinheiro para os gastos que beneficiam os Senhores Deputados e seus assessores.

Os efetivos ativos e inativos vivem de migalhas, sendo ridicularizados, tendo processos retidos, salários cortados. Os ativos recebem gritos dos Deputados da Mesa que agem como se estivessem em suas fazendas cuidando dos bichos.Quando as autoridades irão punir esses homens?Quando aparecer outro trem de alegria?

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia