Acompanhe nas redes sociais:

13 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 826 / 2015

24/06/2015 - 17:51:00

REPÓRTER ECONÔMICO

JAIR PIMENTEL - [email protected]

Pesquisando preços

Há mais de três décadas, tenho esta coluna na Imprensa alagoana (jornais diários, semanários e TVs). Atravessei os planos de congelamento de preços da década de 1980, quando não dava dicas de pesquisas, porque eles eram congelados e tabelados. Mas previa o futuro, caso não desse certo, como não deram! Com o Plano Real, preços livres e inflação controlada, continuei orientando sobre a importância da pesquisa, já que eles oscilam de um um local para outro. Agora, mesmo com o controle do governo, a inflção teima em crescer. É visível o aumento de preços, não só de alimentos, produtos de limpeza e higiene, também dos demais setores do comércio e, consequentemente dos serviços. O próprio governo amenta os seus preços controlados: energia, água e combustíveis, que puxam para cima dos demais produtos. Portanto, retorno a Era pré Cruzado, Bresser, Verão, Collor, os planos de congelamento de preços e salários, orietando sobre a importância da pesquisa. 


Na feira livre

Por ser um local de economia livre, com a Lei da Oferta e da Procura, realmente funcionando, preços oscilando de uma barraca para outra e o mais importante: puder pechinchar com o vendedor, que geralmente é o próprio produtor, é uma maneira de economizar, encontrando sempre tudo mais barato do que no supermercado. Mas enfenta o tumulto, vendedores gritando anunciando seus proutos, chuva ou sol e, claro insegurança. No supermercadoMas quem não abre mão do supermercado com ar condicionado, milhares de produtos expostos, de várias marcas (nacionais e importados), pode também pesquisar preços, trocar de marcas e não se habituar apenas a um desses pontos de vendas, já que os preços são diferenciados de um para outro. Leve a lista de compra, só  comprando mesmo o que estiver listado. Também a nota de compra deve ser levada para conferência e comparação com a do mês seguinte. 


Nas lojas

Se você estiver mesmo com necessidade de mudar um eletrodoméstico, depois de vários consertos, vá ao comércio no dia em que estiver em condições de visitar todas as lojas do setor, conversar com os vendedores, barganhar e só comprar à vista, com um bom desconto.Também peça para o vendedor testar o aparelho`a sua vista, pedir o manual de orientação e o certificado de garantia. Todos os produtos vendidos com cartão de crédito parcelado, tem juros embutidos. E se for no carnês em até dois anos, mais juros ainda, ficando o valor no final, com o triplo do que se fosse à vista. 

Serviços

É um setor que costuma aumentar os preços aleatoriamente, o que exige do consumidor muita atenção e pesquisa de preços entre vários profissionais. Jamais pague antes do serviço concluído e testado. Encanadores, eletricistas, marceneiros, pedreiros e outros, existem muitos, é só conseguir um com preço bom e garantia de boa qualidade do serviço efetuado. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia