Acompanhe nas redes sociais:

18 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 824 / 2015

11/06/2015 - 10:51:00

Codevasf promove peixamento no lago da Perucaba, em Arapiraca

A ação tem como principal resultado a segurança alimentar das populações que dependem da pesca para alimentação

Da Redação

Cerca de 50 mil peixes foram inseridos pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no lago da Perucaba, em Arapiraca (AL), durante a edição do projeto Governo Presente, do Governo do Estado de Alagoas. A iniciativa, realizada em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa), fortalece a atuação conjunta entre os governos federal e estadual ao repovoar esse importante recurso hídrico, que serve de lazer e estratégia de segurança alimentar de diversas famílias da capital do agreste alagoano. Uma dessas famílias é a de Maria Aparecida, que mora no entorno do lago da Perucaba. Para ela, o local representa a oferta de alimento para a família, mas o período de crescimento dos peixes deve ser respeitado como forma de garantir pescado em tamanho suficiente para todos que dependem da pesca. “Eu e meu esposo pescamos sempre aqui na Perucaba.

Temos vizinhos que também vêm para pescar. A gente pesca para alimentar as crianças. Agora é importante que não tivesse pesca por, pelo menos, seis meses para que os peixes possam crescer e alimentar quem precisa”, alertou. O superintendente regional em exercício da Codevasf em Alagoas, Pedro William, acompanhou o peixamento com diversas autoridades. Para ele, a ação tem como principal resultado a segurança alimentar das populações que dependem da pesca para alimentação. “Periodicamente, a Codevasf realiza peixamentos para repovoamento de corpos hídricos. Estamos aqui atendendo o convite do governo de Alagoas para repovoar o lago da Perucaba.

Sabemos que o peixe é uma fonte de proteína de alta qualidade, o que torna de fundamental importância essas ações de repovoamento, aumentando a população de peixes e a oferta de proteínas para as famílias da região”, afirmou Pedro William. O secretário de Agricultura, Pesca e Aquicultura de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, também destacou como um dos principais resultados do peixamento a maior oferta de alimento e a promoção da segurança alimentar das famílias que dependem do lago da Perucaba como fonte de alimento.  “Esse peixamento tem uma importância muito grande, especialmente para a oferta de proteína para a população mais carente que mora próxima ao lago da Perucaba.

O peixe é uma proteína bastante saudável. Esse peixamento realizado no Governo Presente, a partir da parceria entre o governo de Alagoas e a Codevasf, é importante para que a população tenha acesso a custo zero a essa proteína na mesa dos arapiraquenses”, declarou Álvaro Vasconcelos. O peixamento em Arapiraca inseriu diversas espécies de peixes como piau, xira e piabas – esta última servirá de alimento para o desenvolvimento de espécies que se alimentam de outros peixes. As espécies são produzidas no Centro Integrado de Recursos Pesqueiro e Aquicultura de Itiúba, um dos centros tecnológico e científico da Codevasf que atua na revitalização da bacia hidrográfica do rio São Francisco.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia