Acompanhe nas redes sociais:

24 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 824 / 2015

10/06/2015 - 16:00:00

Abc do interior

A guerra começou

Após superar a crise que se abateu sobre a sua administração, que culminou com atraso de salários, a prefeita Célia Rocha ganhou um novo fôlego e tomou as rédeas da administração com apoio do filho Daniel Rocha, que apesar de jovem tem uma boa bagagem e larga experiência na vida pública. Daniel já foi vereador e secretário municipal de Arapiraca em duas gestões.


Fogo amigo

Célia Rocha, no entanto, não pode se desvencilhar do seu ritmo de trabalho, mas deve estar atenta a algumas manobras políticas dentro da própria casa. Vejamos: O vice-governador e atual secretário de Educação, Luciano Barbosa, mantém os tentáculos firmes e fortes na sua administração com o habilidoso vice-prefeito, Yale Fernandes, que é do mesmo partido de Barbosa, o PMDB. Fernandes, por sua vez, controla algumas Secretarias, como a de Comunicação – por exemplo, e possui bases sólidas no primeiro e segundo escalão do governo.

Sede de poder

Como profissional da política partidária, Luciano tem sede de poder e sonha voltar a controlar a Prefeitura mais importante do interior. Se a prefeita não estiver bem na condução da administração municipal ele não hesitará em empurrar goela abaixo o seu candidato. O problema, no entanto, é como controlar o governador Renan Filho, que já estendeu a mão para a prefeita arapiraquense e estão se transformando em grandes aliados.

Novos nomes

Para conquistar a reeleição, a prefeita Célia Rocha deve estender a sua batalha para fora das paredes do Centro Administrativo. Atualmente, dois nomes despontam como pré-candidatos a prefeito: empresário Adoniran Guerra e o deputado estadual Tarcizo Freire. São nomes, sem dúvida, que devem ser levados a sério, pelo poder de fogo que possuem. 


Poder de fogo

Adoniran Guerra ganhou notoriedade por ter sido o principal articulador da construção do Arapiraca Garden Shopping e pela amizade com grandes empresários de dentro e fora de Alagoas. Freire, por sua vez, é um político popular, corajoso e sem medo de falar a verdade. Foi vereador por cinco mandatos e se elegeu deputado estadual praticamente sem apoio financeiro. Dependendo das circunstâncias políticas, Freire poderá ser um grande aliado da prefeita. O detalhe é que ele não simpatiza com o todo poderoso Luciano Barbosa, a quem tem feito críticas abertamente.


Todo cuidado é pouco

Pelo sim, pelo não, apesar do apoio do filho Daniel, Célia tem que ter o maior cuidado dentro da própria administração. É lá onde, sem dúvida, mora o perigo.


Quem é Yale?

O publicitário Yale Fernandes é de uma família tradicional de Arapiraca e chegou a ser vice-prefeito por intermédio da própria prima-prefeita Célia Rocha, contrariando o “aliado” Luciano Barbosa que queria como vice o sócio Paulo Sérgio, ex-superintendente da Caixa Econômica Federal em Alagoas. Célia conseguiu se eleger numa difícil disputa, cheia de altos e baixos. Mas logo teve uma decepção: o seu vice mergulhou de cabeça nos braços de Barbosa. Hoje eles são como irmãos siameses em se tratando de interesses pessoais e políticos.

Concurso em Traipu

O Prefeito de Traipu, Erasminho Dias, anunciou, nesta terça-feira (02), que sua administração vai realizar concurso público. “Estamos realizando o levantamento em cada Secretaria Municipal do quantitativo necessário, e vamos contemplar todas as áreas da administração pública”, disse o prefeito.


Encontrou o caos

“Infelizmente, encontramos um caos nos órgãos públicos, isso revela a incompetência de quem estava tomando conta da Prefeitura”, revelou o prefeito. A falta de cuidado é mais evidente na Casa Maternal, onde seringas eram armazenadas dentro de garrafas de refrigerante.

Sem concurso

“Encontramos vários funcionários contratados ilegalmente pela antiga gestora,” explicou Erasminho Dias, acrescentando que a Prefeitura de Traipu está há vários anos sem realizar concurso. “Administração pública é coisa séria, e a população não pode ficar esperando tanto tempo para que as soluções para pequenos problemas sejam aplicadas”, destacou o prefeito.


Edital

“Assim que o levantamento do número de vagas estiver pronto, lançaremos edital com as regras e a data do concurso, garantindo uma oportunidade para os filhos de nossa terra”, disse.

Pelo interior

... A informação está no 7segundos: Na manhã de segunda-feira (01) um atropelamento envolvendo um ônibus provocou a morte de uma idosa. O acidente aconteceu na Rua Delmiro Gouveia, Centro de Arapiraca.

... De acordo com as informações colhidas no local do acidente a vítima identificada como Ana Maria de Farias Gama Barbosa, de 63 anos teria tentado atravessar a rua mas não teria percebido a proximidade do coletivo urbano.

... A vítima foi arrastada e ficou presa no eixo dianteiro do ônibus. O Corpo de Bombeiros foi acionado e a equipe técnica não mediu esforços para retirar a mulher de debaixo do ônibus com todos os cuidados para que o estado de saúde não se agravasse mais ainda.

... A informação é do jornalista Jorge Barbosa: Alegria, satisfação, orgulho – era o que se via na expressão desses meninos e meninos de povoados ribeirinhos e assentamentos dos municípios Pão de Açúcar e Piranhas, no alto Sertão, localizados às margens do baixo rio São Francisco. 

... No sábado (30), final do mês de maio, eles festejaram o encerramento das oficinas do projeto “Ampliando Saberes”, que o museu Coleção Karandash de Arte Popular e Contemporânea, com sede em Maceió, levou – a exemplo de outras ações que vem desenvolvendo desde 2008 – para essa região que é celeiro de arte e cultura popular. A criançada fez aulas com mestres escultores e designers populares de móveis, e também com exímias bordadeiras dos dois municípios, durante os meses de abril e maio.

... As oficinas de escultura em madeira foram conduzidas pelos principais mestres artesãos de Pão de Açúcar: Petrônio Farias, do assentamento Riacho Grande, os irmãos Aberaldo e Antônio Sandes mais Valmir Lima, Zé de Tertulina e Vandinho, estes do povoado às margens do São Francisco, Ilha do Ferro. 

... As aulas de bordados ficaram entre Rejânea, da Ilha do Ferro, e Roseane Lisboa, de Entremontes, outro povoado ribeirinho, este localizado em Piranhas. 

... “A ideia das oficinas era transmitir esses saberes, para que eles não se percam e sejam assimilados pelas novas gerações. O público inicialmente previsto de jovens acabou se ampliando para as crianças e também adultos, como a Dona Morena, de 89 anos, que fez questão de participar”, diz a artista visual Maria Amélia Vieira, mentora dessas ações de arte educativa no Sertão, junto com o marido, o também artista Dalton Costa.

... Um ótimo final de semana para todos, com muita paz e saúde. Até a próxima edição. Fui!!!!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia