Acompanhe nas redes sociais:

19 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 823 / 2015

04/06/2015 - 15:44:00

Jovem Aprendiz atinge apenas 30% das vagas em Alagoas

Empresários chegam a recorrer à Justiça para não contratarem adolescentes

José Fernando Martins Especial para o EXTRA

O desrespeito das empresas com a Lei da Aprendizagem faz com que Alagoas perca 8.500 vagas destinadas aos adolescentes para o ingresso no competitivo mercado de trabalho. Atualmente, 3.500 jovens fazem parte do “Jovem Aprendiz” no estado, e caso empresários cumprissem a legislação, esse número aumentaria para 12 mil oportunidades. 

Segundo o superintendente regional do Trabalho e Emprego em Alagoas (SRTE-AL), Israel Lessa, algumas empresas chegam até a entrar na justiça para se absterem de contratar um estudante. “Alegam falta de dinheiro, o perigo de expor o jovem à atividade e outras desculpas. E muitas vezes, os empresários vencem, como aconteceu com as administradoras de condomínios”, contou. 

Veja a matéria completa no jornal Extra nas bancas!

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia