Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 823 / 2015

03/06/2015 - 10:39:00

REPÓRTER ECONÔMICO

Confira suas contas

JAIR PIMENTEL - [email protected]

Você já passou pela situação de ser cobrado pelo pagamento de uma conta que estava em débito automático? Se não, ainda assim fique atento. Isso pode acontecer com qualquer um. O problema ocorrer devido a um erro da empresa que fornece o serviço a ser pago (que não envia a ordem de débito) ou da instituição bancária (mesmo a empresa enviando e o consumidor tendo saldo, o banco não debita a fatura). 

Por isso, se você tem contas que são pagas por esse sistema, lembre sempre de verificar no extrato bancário, se os valores foram de fato descontados. Caso identifique que o pagamento não foi efetuado, entre imediatamente em contato com a empresa e com o banco, para que esse erro possa ser corrigido.

Veja algumas dicas em relação ao pagamento via débito automático:

1 - Fique atendo às cláusulas do contrato firmado com o banco. Observe, sobretdo, a tarifa de concessão de adiantamento ao depositante, que será cobrada de você caso não tenha saldo suficiente para pagar a conta. 

2 - Ainda no contrato, atenção à cláusula que informa sobre o cancelamento do serviço. Há um prazo para isso: em geral, os pedidos são atendidos em até cinco dias úteis antes  do pagamento. Mas os bancos podem levar até 30 dias para encerrar o serviço. Além disso, algumas vezes, pode ser preciso notificar também a empresa (e não só o banco).

3 - Verifique sempre se há saldo suficiente na sua conta para saldar o pagamento. 

4 - Evite colocar em débito automátio as contas que variam muito mês a mês. 

5 - No débito automático de cartõs de crédito, o valor integral será debitado. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia