Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 822 / 2015

28/05/2015 - 11:57:00

Marechal Deodoro recebe creche do programa Pró-Infância

Escolas são construídas com tecnologia da MVC que já entregou 57 unidades em várias ciadades de Alagoas

Redação com assessoria

O município de Marechal Deodoro será contemplado com uma creche construída com tecnologia da MVC, que utiliza o revolucionário sistema Wall System e comemora a entrega de 57 escolas somente em Alagoas com mais de 30 mil crianças atendidas. O empreendimento faz parte do programa Pró-infância (Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil) e a meta é, até dezembro deste ano, atender outras 50 mil crianças em todo o Brasil.A construção das primeiras escolas em Alagoas aconteceu em 2011, logo após a destruição ocorrida com as enchentes dos rios Una, Sirinhaém, Piranji, Mundaú e Canhoto.

“A aplicação do inédito sistema construtivo Wall System permitiu que fossem erguidas em tempo recorde e atendessem milhares de alunos em diversas regiões do Estado, que passaram a dispor de melhores estrutura física e condições de ensino”, explicou Gilmar Lima, diretor-geral da MVC..Empresa brasileira líder no desenvolvimento de soluções em plásticos de engenharia e pertencente às empresas Artecola e Marcopolo, a MVC entregará além da unidade de Marechal Deodoro, mais duas creches na Bahia, que vão atender 120 crianças em período integral ou até 240 distribuídas em turnos matutino e vespertino. A previsão é que até dezembro desse ano, a região Nordeste seja contemplada com 128 novas unidades. 

Outros municípios alagoanos já foram contemplados com o sistema Wall System. Entre eles, Atalaia, Branquinha, Cajueiro, Capela, Jacuípe, Joaquim Gomes, Matriz de Camaragibe, Murici, Paulo Jacinto, Quebrangulo, Rio Largo, Santana do Mundaú, São José da Laje, União dos Palmares, Viçosa, Maceió e Teotônio Vilela. Vale ressaltar que algumas dessas escolas estão em funcionamento há mais de um ano e transformaram a realidade da região.

Exemplos claros são a Escola Municipal João Costa de Oliveira, construída no conjunto Newton Pereira, na cidade de União dos Palmares, e a Escola Estadual Marco Antônio Cavalcanti, no bairro de Benedito Bentes, em Maceió.Ambas funcionam em período integral e demonstram como o local e as condições favoráveis podem influir decisivamente na aprendizagem e na retenção dos jovens no ensino.

Segundo a diretora da Escola João Costa de Oliveira, Maria Madalena da Silva, após um ano de funcionamento os alunos estão tendo desempenho melhor, saem menos da sala de aula e até o comportamento melhorou. “São 1.600 alunos da região que antes não tinham onde estudar ou estudavam em locais que não ofereciam as mesmas condições”, destaca a diretora.O diretor-geral da MVC, Gilmar Lima, afirmou que até final do ano serão entregues 128 novas creches em vários estados da região Nordeste, sendo 27 em Alagoas: 68 na Bahia; 6 no Maranhão; 5 em Pernambuco; 11 no Piauí e 11 em Sergipe.Com área construída de 1.058,14 m², as creches possuem em sua composição arquitetônica oito salas de aula (bloco pedagógico), bloco administrativo, bloco de serviços, multiuso e pátio coberto.


Sistema seguro

Desde 2004, a MVC já construiu pelo sistema Wall System cerca de 247 mil metros quadrados de conjuntos de escolas, casas, creches e edificações de usos diversos no Brasil e no exterior, em países como Angola, Moçambique, Paraguai, Uruguai e Venezuela, entre outros. Em vez dos materiais tradicionais, são construídas com o sistema Wall System, composto de estrutura de perfil pultrudado (compósito reforçado com fibra de vidro de alto desempenho), e painel sanduíche de lâminas em compósitos (similar ao utilizado em aviões, trailers e barcos) e núcleo especial, que garantem o desempenho térmico, acústico e resistência ao fogo.Entre as vantagens em relação ao processo tradicional, o sistema oferece maior velocidade de construção, durabilidade, resistência, flexibilidade, conforto térmico e acústico, obra limpa e desperdício zero. O sistema construtivo foi homologado sob a norma NBR 15.575/2013, que define os requisitos de desempenho da construção no Brasil, obtendo classificação superior na maioria dos parâmetros avaliados.


Sobre a MVC

É reconhecida internacionalmente como empresa inovadora e de grande capacidade de aplicação de avançados processos e materiais no segmento de plásticos de engenharia. Desenvolve produtos com soluções completas e personalizadas para os mercados automotivo, transporte, agronegócio, energia eólica e de construção civil.  Atualmente conta com 1.250 profissionais distribuídos em sete plantas.  Em 2014, registrou crescimento de mais de 150%  e atingiu faturamento líquido de R$  670 milhões.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia