Acompanhe nas redes sociais:

22 de Setembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 821 / 2015

20/05/2015 - 20:27:00

Era só o que faltava

Irineu Torres Diretor do Sindifisco Conselheiro Emérito da Fenafisco

Lula, o presidente de honra do PT, conspurcou. Usou como sendo rabichola a faixa presidencial.Tem-se, neste ato indigno, um ultimato à fé que entroniza a Democracia e a Paz. Uma esculhambação sem precedentes.Não se trata de mais um velhaco dentre tantos outros corruptos teúdos e manteúdos pelos empreiteiros. Trata-se de corrupção em série e em larga escala.  Desde o Mensalão o Lula já vinha sendo alcaguetado. Primeiro por Valério.

Agora, no Petrolão, torna a ser delatado. Desta feita por Léo Pinheiro, da OAS. Sem tirar nem por, o muitíssimo bem relacionado empreiteiro revela tudo o que a Nação sempre soube e sabe. Agora é fato. Leo Pinheiro assegura que pagou propina imobiliária ao Lula. Certamente haverá registros em cartório, no CREA, no INSS, emprefeituras, condomínio, agentes financeiros e o testemunho da vizinhança.

Esta evidência decorrupção passiva põe em cheque e poderá escancarar até mesmo o encilhamento das Cortes. A denúncia de Leo Pinheiro é clara, translúcida, prego batido, ponta virada. Irretorquível libelo há muito esperado. Afinal o ex-presidente da República Federativa do Brasil e presidente de “honra”, com todas as aspas, do PT serviu como rufião para os empreiteiros, foi desonesto além da conta comum, abusou das cumplicidades, teve a desfaçatez de dar um pouquinho de “bolsa família” ao povo para, traiçoeiramente, através de gestões temerárias e fraudulentas, rapinar a Petrobras, a Eletrobrás, o Banco do Brasil, o BNDES, a Caixa, e, sobretudo, a tão roubada Pátria Amada.

O finório insaciável nunca se envergonhará por ser rotulado com os mais torpes adjetivos. Jactando-se, diz: - “Inriquei” (sic). Cinismo e estupidez. Vergonha alheia e nossa. Opróbrio nacional e da humanidade. É hora de sarjar o furúnculo lulopetista, carnegão moral encravado na cara do PT e no coração do Brasil.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia