Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 821 / 2015

20/05/2015 - 19:58:00

Abc do interior

Novo escândalo em Girau

Um funcionário da Prefeitura de Girau do Ponciano procurou a redação do Extra em Arapiraca onde denunciou um esquema de corrupção na gestão do Prefeito Fabinho Aurélio. Apesar de apresentar documentos que, segundo ele, comprovam desmandos administrativos, o servidor pediu para não ter o seu nome citado, temendo represálias, mas adiantou que a denúncia foi feita formalmente as autoridades alagoanas, dentre as quais o MPF e o GECOC. 


O esquema

Insatisfeito com os desmandos administrativos, o denunciante relatou que o prefeito Fábio Aurélio contratou a empresa Construtora Colibrir LTDA, no dia 15 abril de 2013, conforme contrato de nº 009/2013, para realizar ampliação e reforma de dez escolas da rede pública municipal de ensino, no valor de R$ 1.578.580,25.


Pagamentos indevidos

O denunciante também relatou que existem vários pagamentos feitos à mesma empresa, que somam um valor de R$ 2.680.431,50, com recursos do FUNDEB, ou seja, a prefeitura pagou a mais R$ 1.101.851,25 do valor do contrato. Disse, ainda, que a empresa recebeu R$ 756.870,93, antes da assinatura do contrato, entre os dias 21 e 28 de março de 2013. 


Apenas quatro

O mais grave é que, segundo ele, das 10 escolas que foram objeto do contrato, apenas quatro delas foram reformadas e ampliadas até hoje, mesmo assim, fora do prazo contratual. São elas: Escola São Brás, no Povoado Lagoa de Dentro em 12.09.2014; Escola Santa Clara, no Povoado Rancho em 19.09.2014; Escola João José de Farias, no Povoado Barbosa em 26.02.2015 e Escola Antônio Holanda, no Povoado Craíbas dos Ferros em 12.05.2015. Sendo que, em  Craíbas dos Ferros, com medo do esquema ser descoberto, o prefeito se apressou em fazer uma rápida reforma depois que populares da mesma localidade denunciaram a um canal de televisão que seus filhos estavam estudando em um salão velho a mais de dois anos. 

Faltam seis

Mesmo tendo pagamento de vulto milionário, ainda restam seis escolas a serem reformadas, a exemplo das Escolas dos Povoados Lagoa da Piabas, Poço, Traíras, Jaciobá, Lagoa do Mel e Boqueirão das Pastoras.Por fim, o denunciante alega conhecer todos os modos de como se opera os desvios de dinheiro público e por isso, teme sua vida, preferindo o anonimato.  


Esquema em Marechal

O vereador Jorge Mello contestou o atual prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus, que se defendeu das acusações de praticar improbidade administrativa na sua gestão.O caso ganhou grande repercussão no Estado depois que o Tribunal de Justiça de Alagoas aceitou a denúncia feita pelo o Ministério Público, na terça-feira, 12, contra Cristiano que agora é réu no processo.


Não reflete

Ao se defender das acusações, Cristiano Matheus disse ainda que “a gestão dele é transparente, e que vai fazer de tudo para que isso seja esclarecido”.Segundo o vereador Jorge Mello, tudo o que foi dito pelo prefeito não reflete a atual situação de Marechal Deodoro. Mello assegura que “as placas que informam o valor da obra, a origem dos recursos, data de termino e final da obra – que são obrigatórias em todas as construções da administração pública, não são colocadas.

”Irregularidades“

Inclusive obras que são feitas com recurso do governo federal, o prefeito diz que elas estão sendo realizadas com o dinheiro do IPTU”, afirma o vereador para acrescentar que os balancetes da prefeitura que deveriam ser entregues mensalmente a Câmara Municipal, nunca foram enviados. “No Poder Legislativo existe uma comissão especial, formada para investigar uma série de irregularidades da atual gestão”, revela.


“Caixa preta”“

Nenhum documento que solicitamos para esclarecer as irregularidades que acontecem na administração de Marechal Deodoro foram respondidas pelo prefeito. A gestão do prefeito de Marechal não é transparente, é uma caixa preta”, explica Mello.


Polêmica em Traipu

A informação está no site Traipu notícias: “Na manhã de quarta-feira, 13, mais uma polêmica se propagou no município de Traipu. Desta vez o imóvel onde funciona a Unidade Básica de Saúde, da Rua 13 de Maio, no centro de Traipu, foi fechado por falta de pagamentos de aluguel.O proprietário José Jair Melo Matos, passou uma corrente no portão e relata que só abrirá depois que os pagamentos atrasados forem quitados.”


Não paga

“Esse ano ainda não fomos pagos e há débitos do ano passado”, relatou proprietário que alega que cinco meses é muito tempo para esperar. Nossa equipe foi até o local e constatou a corrente no portão, na ocasião uma senhora procurava o serviço de saúde e se deparou com as portas fechadas.  A filha do proprietário identificado por Valquíria, relatou que por várias vezes procurou o secretário municipal de Saúde para resolver o problema, no entanto não obteve êxito. “Não vou mais andar de um lado para o outro sem solução”, avisa.

PELO INTERIOR

... Ainda sobre a polêmica em Traipu: Agentes comunitários de saúde também procuraram a redação do portal Traipu Notícia para contestar a informação dada pela prefeita Maria da Conceição Teixeira Tavares em uma emissora de rádio de Arapiraca, onde informou que os pagamentos dos servidores municipais estavam em dia.


... Os agentes disseram na redação do Traipu Notícias “que os vencimentos referentes ao mês de abril, ainda não foram depositados em suas contas e que estariam procurando o Ministério Público da cidade para saber quais medidas poderiam ser tomadas no intuito de resolver o problema”.


... A prefeita Célia Rocha e o vice-prefeito Yale Fernandes, acompanhados dos secretários municipais e do presidente da Câmara Municipal, Márcio Marques, receberam, no início da tarde da quarta-feira (13), técnicas e assessores da Secretaria de Estado do Gabinete Civil.


... O grupo se reuniu para definir as ações que serão realizadas no Programa Governo no Agreste, que está marcado para ocorrer nos próximos dias 29 e 30 deste mês de maio em Arapiraca.


... O encontro aconteceu na sala de reuniões do Centro Administrativo Municipal, e também contou com a participação de lideranças comunitárias e de movimentos sociais.


... Durante a reunião, a assessora de Governança, Renata Andrade, representou o secretário de Gabinete Civil, Fábio Farias, e apresentou o cronograma das ações que serão executadas durante os dois dias de atividades.


... Participaram do encontro, a assessora-técnica especial Luiza Blatter, a superintendente do Gabinete Civil, Dely Marques, e a relações públicas Edenilsa Chagas.


... Durante a reunião ficou definido que as ações do Governo no Agreste serão realizadas na Praça Luiz Pereira Lima (Praça da Prefeitura), Parque Ceci Cunha, Bosque das Arapiracas e Planetário Municipal, onde serão montadas tendas e estandes, bem como a utilização dos prédio públicos para o atendimento aos moradores.


... Renata Andrade adiantou que o evento contará com a presença do governador Renan Filho e do vice Luciano Barbosa e de todas as secretarias, autarquias e órgãos ligados à administração estadual.


... Aos cinco leitores da coluna desejamos um ótimo final de semana, cheio de paz, saúde e harmonia. Quanto aos desafetos... Quintos dos infernos neles!!! Brincadeirinha. Até a próxima edição. Fui!!!! E volto com a carga toda.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia