Acompanhe nas redes sociais:

16 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 821 / 2015

20/05/2015 - 19:51:00

SURURU

Janot responde a denúncias de Collor pedindo a quebra de sigilo do senador

DA REDAÇÃO

Um dia depois de o senador Fernando Collor (PTB-AL) protocolar no Senado quatro representações que podem inclusive resultar no afastamento do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o Ministério Público Federal (MPF), que ele chefia, pediu a quebra de sigilo no inquérito relacionado ao ex-presidente na Operação Lava Jato.

A Polícia Federal também fez pedido semelhante em relação ao presidente do Senado, Renan Calheiros.Foram no total cinco pedidos sigilosos encaminhados pelo MPF e PF, na quarta-feira (13), ao ministro Teori Zavascki, relator do caso no Supremo Tribunal Federal. Os pedidos, protocolados como ações cautelares, foram registrados separadamente dos inquéritos.

Esses pedidos são relacionados a Collor, Calheiros, o deputado Anibal Gomes e o deputado João Pizzolatti ou a pessoas ligadas a eles. Os pedidos sob sigilo têm os números de 3870 a 3875. (Cláudio Humberto Rosa e Silva).

Marca do Pênalti

Se o presidente do Senado – Renan Calheiros - der andamento a pelo menos uma das quatro representações do senador Fernando Collor (PTB-AL), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve ser afastado do cargo. 


Cadáver insepulto

Lula é um assunto aborrecido.Lula é um assunto chato.Lula é um assunto do passado.Lula é um assunto do Brasil que está morrendo.Lula é um assunto contra o país nascente.Lula é, em suma, o cadáver adiado que procria. (Reinaldo Azevedo) 


Até tú, Paulão!

Por 277 votos a favor e 187 contra, a Câmara Federal aprovou a Medida Provisória 664, que endurece o acesso dos trabalhadores a benefícios da Previdência Social. De Alagoas três deputados votaram a favor: Arthur Lira, Maurício Quintella e vejam só,  Paulão, do PT, o defensor dos trabalhadores. 

Entregue às baratas 

1 Desde outubro de 2014, quando o juiz titular foi promovido para Maceió, a comarca de Paripueira está praticamente abandonada, entregue às baratas. O juiz-substituto, que atua na comarca de Penedo – até por falta de tempo – raramente aparece para despachar as pilhas de processos que se acumulam em Paripueira.


2 Os problemas começaram depois que a comarca de Paripueira foi rebaixada de segunda para primeira entrância, reduzindo também em pelo menos R$ 4 mil o salário do juiz. Por isso, nenhum magistrado de outra comarca quer assumir o posto. A saída é o TJ fazer concurso público para juiz, pois várias comarcas estão sendo fechadas por falta de  titulares. 


3 Até que o Tribunal de Justiça de Alagoas resolva o problema, a população de Paripueira e a da Barra de Santo Antônio sofrem com a falta do serviço jurisdicional e sem ter pra quem apelar. Com a palavra o novo presidente do TJ, desembargador Washington Luis.

Clima quente 

Eles não se entendem. Os conselheiros do Tribunal de Contas Anselmo Brito e Cícero Amélio continuam se alfinetando. A cada sessão na Corte de Contas um novo bate-boca. Parece que as mágoas da gestão passada não foram superadas por Anselmo. 


Ele fica 

Falando em Tribunal de Contas, quem pretende ficar mais um tempo na Corte é o conselheiro Luis Eustáquio Toledo. Com a “PEC da Bengala” aprovada o conselheiro que deixaria o TC com 70 anos, agora tem a prerrogativa de permanecer na Corte até os 75 anos. 

Daqui não saio...

O prefeito Flauabert Torres, de Viçosa, foi afastado do cargo, mas continua dando as cartas na Prefeitura. Manoel dos Passos Vilela, o Vô, não assumiu o cargo porque a Câmara se recusa a dar posse ao vice.  “A Justiça, que afastou o prefeito, é que deve empossar o vice”, dizem os vereadores.  

Sucessão

Enquanto Flaubert Torres vive às turras com a Justiça, Viçosa se une em torno do jovem empresário Diego Pedrosa, possível candidato a prefeito na próxima eleição. Ele tem ficha limpa e trânsito livre em todos os segmentos sociais da cidade. 

Terminou em pizza

Enquanto o prefeito Rui Palmeira (PSDB) viajava pela Europa, mais precisamente na Itália seus opositores não lhe pouparam críticas. Parece que 2016 já começou. 


Na história 

O Sindicato dos Professores de Alagoas teve sua eleição marcada pelo equilíbrio. A chapa  liderada pelo professor Eduardo Vasconcelos venceu a eleição de um grupo político que comandava o sindicato ha mais de 50 anos, um verdadeiro feudo. Eduardo garantiu após a vitória: “Somos professores com orgulho e exigimos respeito”. 


Pensando em 2016

O município de São Sebastião promete ter grandes surpresas em 2016. Vários nomes, de peso, são ventilados para composições e articulações. A cidade começa a respirar política. Quem vem analisando o cenário local e tem serviços prestados à sociedade é o advogado e professor Marcelo Porto. 


Quero o meu 

Os deputados estaduais seguem aguardando os cargos do governo Renan Filho. Até lá a pauta segue travada na Casa de Tavares Bastos. Há quem diga que o caso só vai ser resolvido após agosto. É aguardar.


PCC polêmico

Promete ser quente a assembleia de servidores da Justiça estadual marcada para este sábado,16, no Hotel Matsubara. Em pauta, o polêmico anteprojeto de lei que modifica o Plano de Cargos e Carreiras (PCC) do Judiciário. A chiadeira é geral.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia