Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 818 / 2015

29/04/2015 - 09:52:00

A admirável mordida do Sapo Barbudo

Irineu Torres Diretor do Sindifisco Conselheiro Emérito da Fenafisco

Neste mundo não existe animal para gostar mais do dinheiro alheio do que o lulopetista “et caterva”. Espécime maligno. Há pelo menos 12 anos espalha corrupção como gonorreia nas vísceras e nos olhos do Brasil. O notório Vaccari é um genuíno e exemplar espécime lulopetista. Puro de origem.  

Fissurado, aficionado por dinheiro alheio. Confessa que passou recibo e contabilizou no PT o produto do roubo praticado na Petrobras. Fez do partido intrujão. Mas, não cogita devolver um único centavo. Põe em risco o registro do PT Nacional junto ao TSE. Ser preso em flagrante. Há crime continuado. Mas, vale tudo. “O Diabo”.

Exceto devolver o dinheiro roubado. Paulo Roberto, Barusco e outros estão devolvendo o produto do roubo. Sub-raça lulopetista. Têm sequelas de caráter. Mas, um lulopetista de raça nunca abre o bico para dizer a verdade. Mesmo sob a mais infame das torturas não devolve dinheiro roubado. Para não ter caráter foi treinado. 

Portanto, não nos enganemos. O PT pode ter o registro eleitoral nacional cassado. A presidenta, em surto agudo de acanhamento, renunciar. Vaccari ser preso. Impeachment.  Mas, salvo degeneração do espécime lulopetista, o dinheiro não será devolvido.

O PT não tem fastio. Chupa para arregaçar o saco! Suga a Nação dos “mortos aos que vão morrer”. Chupa até o pré-sal. A vaca tosse. O Sapo Barbudo nunca cospe. Morde. Engole. Não adianta o sino tocar.Tudo culpa de FHC. Não privatizou a Petrobras e todas as outras estatais. Deixou uma trilionária herança jacente. Petrobras! BNDES! Eletrobrás! BB! Caixa! ECT! Antes privatizadas do que servidas aos canalhas.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia