Acompanhe nas redes sociais:

14 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 817 / 2015

21/04/2015 - 09:21:00

POR DENTRO DO ESPORTE

João de deus [email protected]

Bom no ringue

O brasileiro Rafael dos Anjos começa a chamar atenção no exterior como um dos nomes fortes do ringue. Treina nos Estados Unidos, luta na MMA e pontua entre os cotados para ganhar o mundial da temporada e entrar para a história do boxe, categoria peso-leve.

Comentário

 “Todos falam da MMA como esporte, mas como chamar de esporte se não tem o amador?” Comentário é de Paulo Marcos da Costa e acrescenta: “Atleta para bater no peito e dizer eu sou um profissional precisa ter sido amador e testado em condições típicas de um esporte e não somente de um veículo de entretenimento. E eu estou orgulhoso por fazer parte disso”. 


Nova opção

Os estádios de futebol, hoje “arenas” são novidades de uso em outras atividades e dentre as mais recentes aparecem comemorações sociais. É esporte com investimento usado para suprir deficiência das rendas de jogos de futebol para cobrir custos da manutenção.


Não esconde

Vica, já veterano no comando do ASA, é habitual em entrevistas não usar meio termo para as respostas. Em uma recente, comentada por torcedores, após vencer o Coruripe, em jogo no Coaracy da Mata Fonseca pelo campeonato alagoano disse:“Ganhar é sempre muito bom”.

Jogo importante 

Neste fim de semana o alvinegro de Arapiraca pega o Ipanema no Coaracy da Mata Fonseca. Os dois, além de brigarem pelo título do 2º turno do estadual, têm estimulo extra: o alvinegro vem invicto e lidera o campeonato, inclusive já havendo vencido o 1º turno e o Ipanema quer se recuperar para tentar chegar à final do turno.  

Bem disputado

O campeonato alagoano está disputado, jogos sãode classificação para decisão da fase e esse quadro é motivado por declarações otimistas de dirigentes, jogadores e torcedores. Mas cada um colocando o time que torce como favorito, mas o alvinegro arapiraquense leva vantagem. Foi o campeão do primeiro turno.

 
Das propostas

Felipe Feijó é o novo presidente e até já foi empossado na Federação Alagoana de Futebol. Assumiu com torcedores confiantes no compromisso de melhorar o campeonato alagoano e as condições de trabalho dos árbitros. 


Linha dura

Jogador, técnico e dirigentede clubes habituados a tumultuar arbitragens devem receber, a partir de agora, punições mais rigorosas. Decisão é da CBF, anunciada na segunda-feira e comunicada aos clubes filiados através de circular. Orientação é para haver mais rigor contra reclamação antes ou depois de um jogo.

Bom momento

Reinaldo Alagoano já marcou cinco gols, é um dos artilheiros do alagoano e foi citado entre torcedores como uma das estrelas do futebol local nesta temporada. Já Jeferson, goleiro e também do time azulino, mereceu pontos positivos. Uns de adversários, inclusive regateanos.


Tabela embolada

Torcedor arrisca palpite mas a verdade é que está difícil situar favorito para este segundo turno do campeonato alagoano. Os jogos são difíceis e torcedores não exageram na observação de que a classificação “embolou” e, por isso, não apostam haver “zebra” na etapa de jogos finais.


Caixa de surpresas

O Danúbio do Uruguai é um exemplo no futebol como “caixinha de surpresas”. Éum dos que lideram o campeonato do seu país e venceu o Penarol domingo (3x2). Mas em contrapartida não vem com sorte (ou bom futebol?) na Libertadores das Américas e enfrenta o São Paulo.

Neymar na berlinda

Polêmica aberta pela mídia é sobre até que ponto a seleção brasileira fica dependente de Neymar. Uma questão que tem a ver com junho, época dos jogos da Copa das Américas e pergunta a Dunga teve resposta: “Temos de tentar todas as opções que nos forem possíveis”.


Boa fase

Santos, bem neste início de temporada, se previne para o 2ª semestre, época de agenda mais pesada pelo Campeonato Brasileiro, jogos internacionais e estrelas do time conversando sobre renovação de contratos. Robinho e Lucas não são dor de cabeça, mas Ricardo Oliveira talvez.


Da dor de cabeça

Ricardo Oliveira para permanecer na Vila, mesmo o time com10% dos direitos econômicos do passe dele, as chances são mínimas. Motivo: o grupo Doyen Sports, que tem 80% dos direitos econômicos do passe, o ofereceu para clubes da Europa e o Porto se mostra interessado.


Problema demais

Arouca, do Palmeiras, faz neste fim de semana a sétima participação seguida decidindo campeonato paulista, agora com a camisa do Palmeiras, que até meados da semana estava com problemas para o jogo deste fim de semana pelas finais do campeonato paulista. Aranha, goleiro, com dengue não joga.

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia