Acompanhe nas redes sociais:

17 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 810 / 2015

03/03/2015 - 20:30:00

REPÓRTER ECONÔMICO

JAIR PIMENTEL - [email protected]

Cuidado com seu bolso!

A inflação de fevereiro bateu recorde, ultrapassando 1.30%,  devido ao aumento dos combustíveis e mensalidade escolar. Se continuar assim, o governo não vai conseguir mais controlar. Os juros, obviamente, subirão a cada mês, para inibir o consumo. Mas as facilidades no crédito de longo prazo, continum, e isso incentiva o consumidor a comprar mais e tomar empréstimos, sem se preocupar com o juro alto. O resultado é o aumento da inadimplência. Os preços continuam oscilando muito de um local para outro, principalmente no setor de alimentos, material de limpeza e higiene, fazendo com que o consumidor disciplinado, pesquise mais, procurando o menor preço. Se for a uma feira livre, pechinche com o vendedor e, no supermercado, jamais compre através do cartão de crédito parcelado. Não se compra comida a crédito. É burrice! As administradoras cobram juros elevadíssimos, multas e taxas. 


Negociando

Quem tem um débito, se encontra negativado no SPC e não pode pagar o valor total, procure o credor, e negocie, encontrando uma maneira de ficar isento de juros e multas, caso tenha o dinheiro para quitar, jurando nunca mais se endividar. Mas se esse dinheiro não existe, negocie parceladamente, pagando em dia. PropagandaQuando você vai a uma loja porque viu a propaganda de algum produto com preço que “cabe no seu bolso”, verifique antes se em outra loja existe o mesmo produto com preço mais alto ou menor. Nunca compre na primeira parada. A propaganda, tende atrair o desavisado. Só vá às compras com tempo suficiente para pesquisar e comprar à vista. 


Mais despesas

Fevereiro acabou. É o mês mais curto do ano e, ainda teve o “feriadão” do Carnaval. Agora, chega mais uma despesa extra: O IPTU, que pode ser pago de uma só vez,com um bom desconto ou ainda parcelado em até dez vezes. Se puder, pague tudo, evitando mais uma conta mensal. Tem ainda o IPVA e claro as despesas fixas. Todo cuidado é pouco! Pense numa empresa que trabalha com o pensamento no lucro e a redução no custo. Siga essa dica: poupe e reduza suas despesas. 


Suas contas

Economize em suas despesas fixas, principalmente no consumo de energia, água, telefone, gás,combustível, serviços essenciais para o dia a dia. Mude seus hábitos de consumo, reunindo a família para economizar todos esses itens. Eletromésticos que mais consomem energia, são:  chuveiro elétrico, ferro de engomar, máquina de lavar e ar condicionado. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia