Acompanhe nas redes sociais:

12 de Novembro de 2018

Outras Edições

Edição nº 808 / 2015

11/02/2015 - 18:55:00

Os corruptos desmantelaram o Brasil

José Arnaldo Lisboa Martins [email protected]

Eu não sei quem são as pessoas mais culpadas, porém, uma coisa está bem evidente: desmantelaram o Brasil, nestes últimos anos. Não sei se a culpa é do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do ex-presidente Lula ou da sra. presidente Dilma. Também, eu não sei os culpados foram os péssimos ministros, os senadores e deputados federais ou se tudo deve ser debitado ao PT-Partido dos Trabalhadores. Eu só sei que o Brasil está um país de nos deixar envergonhados, pelos escândalos, pelo número de autoridades processadas, por falta de julgadores honestos e de homens de vergonha. Atualmente, estamos navegando num mar, repleto de poços de petróleo, rodeado de piratas para todos os lados.

Estamos num mar de incompetência, com a falta de planejamentos, de excessos de ladrões de merenda escolar, de oportunistas de ONGs, de OSCIPS  de mentirinha e de “bolsas” para tudo. O Brasil virou anarquia em tudo, pois, eu ainda alcancei um período de progresso, de desenvolvimento, de orgulho para os brasileiros, de otimismo, de vitórias e de poucos escândalos. Se tínhamos ladrões, assaltantes ou pessoas desonestas, isto sempre tivemos no mundo, embora, o mensalão e os escândalos da Petrobras estejam batendo todos os “records” em roubalheira.

O sr. Fernando Henrique Cardoso começou com os escândalos das privatizações das nossas melhores empresas brasileiras, dando elas, de mãos beijadas, para os estrangeiros, por preços imorais. As nossas “teles” viraram moedas para propineiros e os nossos melhores órgãos viraram “agências” para alguns assaltantes do dinheiro público.

Criaram empregos para desocupados, chefias para incompetentes e diretorias para os “boa-vida” da nação. Com isso, criaram “agências” para a energia elétrica, para administrar a água, para os transportes públicos, para empregos, para chefes dos chefes, para diretores dos diretores e assim por diante. Nos últimos anos, o Brasil começou a liderar tudo que é de ruim. Para a Saúde, compraram equipamentos para os hospitais, dizendo que eram de última geração, porém, esses caríssimos equipamentos, ainda estão encaixotados.

Compraram vacinas, dizendo que a dengue iria matar milhões de pessoas, em poucos dias, tudo para justificar os superfaturamentos. Antes, os estudantes seguiam suas profissões, seus mestrados e doutorados, tendo bons professores, mas, inventaram tantas bolsas e tantos cursos que a gente já não sabe para que servem. Transformaram os vestibulares em Enem, em Sisu e outras coisas mais, com milhares de candidatos recebendo notas zero.

Que vergonha! A economia do Brasil foi para o beléu, a indústria automobilística regrediu, as exportações aumentaram, os juros subiram, a conta de energia elétrica está dando choque no povo e deixaram de construir as hidroelétricas planejadas. Agora vamos ter que pagar pela irresponsabilidade dos gestores incompetentes. A falta de água que está havendo, é porque a sujeira do Brasil é tão grande que serão necessários bilhões de metros cúbicos para limpá-la. 


Em tempo – Eu conheci o Janio Gonzaga, um dos meus leitores do EXTRA, quando estávamos na Praça do Alagoinha, no último domingo. 

Comentários

Curta no Facebook

Siga no Twitter

Jornal Extra nas redes sociais:
2i9multiagencia